Nome do Projeto
Efeito do composto Quinolinotriazoil Carboxibenzilamida na Indução de Alzheimer por streptozotocina.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/03/2016 - 21/08/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Biológicas - Farmacologia
Resumo
O Alzheimer é considerado a doença neurodegenerativa progressiva mais comum da atualidade, afetando cerca de 34 milhões de pessoas acima dos 65 anos. É caracterizada pela perda da função cognitiva, tanto no aprendizado quanto na memória e o tratamento empregado atualmente possui apenas caráter paliativo. Dessa forma diversos grupos de pesquisa em todo o mundo vem tentando encontrar uma terapia efetiva no tratamento dessa doença, como através de análises computacionais para predizer a interação entre compostos químicos e proteínas (Meng et al., 2011). Um dos alvos mais efetivos é a inibição da enzima beta secretase que está envolvida diretamente com a deposição de placas senis formadas pelo acúmulo de beta amilóide, considerada uma das principais características da doença (Gosh e Oswald, 2014). Entretanto, a maioria dos inibidores da beta Secretase já descritos atualmente não atravessam a barreira hematoencefálica devido ao seu grande tamanho (Evin e Hince, 2011), ou não possuem grande afinidade pelo sítio ativo dessa enzima (Menting et al., 2014). Aliado a isso, cerca de 40 milhões de compostos possuem um núcleo heterocíclico em sua estrutura, entre eles os fármacos Miconazol, Cetoconazol e a Dipirona. Além disso, estudos tem demonstrado diversas outras atividades, dentre elas se destacam o potencial antioxidante, neuroprotetor, antidepressivo (GaI et al., 2011, Bhalgat et al., 2014 ) e ainda a capacidade de bloquear a atividade da beta secretase, diminuindo o acumulo de beta amiloide (Jiaranaikulwanitch et al., 2014). Desta forma, com base nas atividades farmacológicas dos compostos heterocíclicos já descritas e de estudos computacionais prévios feitos pelo nosso grupo de pesquisa como a Docagem Molecular e a Relação quantitativa da atividade – estrutura (QSAR) com o auxílio de ferramentas de bioinformática, a classe Quinolinotriazoil Carboxibenzilamidas, possui a capacidade de se ligar no sítio ativo da enzima beta secretase é de grande valia a comprovação da atividade desses compostos frente a indução de Alzheimer por Estreptozotocina. O presente projeto está vinculado ao Grupo de Pesquisa em Neurobiotecnologia e irá contribuir para o desenvolvimento científico de docentes e discentes.

Objetivo Geral

Objetivos Gerais:
Avaliar a capacidade de reversão e proteção do composto frente a indução de Alzheimer por estreptozotocina, tanto pela diminuição das placas senis quanto pela melhora cognitiva no comportamento dos animais.
Objetivos Específicos:
Considerando os aspectos mencionados, os objetivos específicos deste projeto compreendem:
1 - Investigar o efeito do composto Quinolinotriazoil Carboxibenzilamidas tanto na proteção quanto na reversão da indução de Alzheimer causado pela estreptozotocina e possível melhora cognitiva no aprendizado e memória nos testes comportamentais da Esquiva inibitória e Labirinto de Barnes.
2- Avaliar a redução dos níveis de Beta amiloide e da atividade da beta secretase no Hipocampo e Córtex dos animais modelo de Alzheimer, tratados com Quinolinotriazoil Carboxibenzilamidas.
3- Investigar o envolvimento da atividade e expressão de enzimas antioxidantes como parte do mecanismo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALIANDRA ZIESEMER MOREIRA1201/08/201628/02/2017
DARLING DE ANDRADE LOURENCO1201/03/201731/07/2017
DIEGO DA SILVA ALVES115/03/201613/08/2018
MARIA CLARA MARTINS FERREIRA2015/03/201613/08/2018
MARIA CLARA MARTINS FERREIRA1201/08/201731/12/2017
MARIANA GÁLLIO FRONZA2015/03/201613/08/2018

Página gerada em 18/07/2019 10:17:52 (consulta levou 0.081423s)