Nome do Projeto
Empresarização e Economia Criativa – especificidades do processo brasileiro
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
17/05/2016 - 16/05/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Setores Específicos
Resumo
Descrição: Nosso principal objetivo teórico na realização deste projeto vincula-se, portanto, à redução sociológica da teoria da empresarização de Andreu Solé e Yves-Marie Abraham, nos moldes como a descreveu Guerreiro Ramos (1996). A adoção desta postura crítica no campo da produção científica, estabelece a possibilidade de evitar o que Dussel (2006) chamou de atitude sucursaleira, ou seja, tratar dos conhecimentos oriundos de outros contextos como se fosse uma sucursal na qual as teorias são aplicadas sem qualquer consideração/adaptação à realidade abordada. Pretendemos vincular este desenvolvimento teórico com um objeto que vem se destacando no campo da cultura no qual desenvolvemos grande parte de nossas pesquisas: o incentivo e o desenvolvimento da chamada economia criativa que, embora seja diferente da economia da cultura, impacta fortemente o campo cultural e dele se alimenta e com ele se relaciona...

Objetivo Geral

 Interrogar a teoria da empresarização a fim de compreender aquilo que nela é característico do contexto no qual foi construída;
 Adequar a discussão teórica dos traços da empresarização através do estudo das obras dos principais pensadores sociais brasileiros;
 Analisar as práticas discursivas e as práticas sociais relacionadas à economia criativa;
 Discutir as especificidades evidenciadas na análise das práticas da economia criativa frente às adequações realizadas na teoria;
 Evidenciar e discutir as descobertas da análise do processo de empresarização nas práticas da economia criativa e as contribuições à teoria original.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JANIELE CRISTINE PERES BORGES1201/08/201430/04/2015

Página gerada em 20/09/2021 08:25:20 (consulta levou 0.039536s)