Nome do Projeto
Prevalência e fatores de risco associados à infecção por Leptospira interrogans em bovinos leiteiros criados em assentamentos de reforma agrária localizados no Rio Grande do Sul, Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/08/2016 - 01/08/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Resumo
A leptospirose se configura como uma das principais doenças negligenciadas e zoonoses em todo o mundo, mas especialmente em países em desenvolvimento, devido a sua elevada capacidade de transmissão entre indivíduos em condição de vulnerabilidade e ao seu caráter ocupacional. A enfermidade acomete espécies de animais silvestres, sinantrópicos e domésticos, constituindo-se esses animais em importantes reservatórios para a bactéria, sendo que os bovinos podem funcionar como importante fonte de infecção para o ser humano. Essa pesquisa busca conhecer a soroprevalência da enfermidade em 1715 bovinos leiteiros na área de assentamento da região sul do Rio Grande do Sul, distribuídos em 52 propriedades rurais. Será utilizada a Técnica de Soroaglutinação Microscópica (MAT) nos soros bovinos armazenados no Laboratório do Centro de Controle de Zoonoses / UFPel, de acordo com a técnica proposta por Faine (1982). A triagem será seguida de titulação para determinar o maior título sorológico, bem como o(s) sorovar(es) que mais ocorrem na região estudada.

Objetivo Geral

- Determinar a soroprevalência e avaliar os fatores de risco associados à infecção por L. interrogans e seus sorovares em bovinos leiteiros localizados em assentamentos de reforma agrária no Rio Grande do Sul.
- Determinar a prevalência de vacas e rebanhos leiteiros com anticorpos anti-L. interrogans e seus sorovares.
- Avaliar os fatores ambientais, produtivos, reprodutivos e sanitários associados à infecção por L.interrogans e seus sorovares em rebanhos leiteiros localizados em assentamentos de reforma agrária no Rio Grande do Sul;
- Calcular os riscos de cada fator associado à ocorrência de L.interrogans e seus sorovares em bovinos leiteiros localizados em assentamentos de reforma agrária no Rio Grande do Sul.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRA JACOMELLI TELES201/08/201601/08/2019
BIANCA CONRAD BOHM201/08/201601/08/2019
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN201/08/201601/08/2019
FERNANDA DE REZENDE PINTO201/08/201601/08/2019
FERNANDO MISSIAGGIA ECCKER201/08/201601/08/2019
LUIZ FILIPE DAME SCHUCH201/08/201601/08/2019

Página gerada em 20/11/2019 02:54:31 (consulta levou 0.074117s)