Nome do Projeto
RELAÇÃO DAS CURVAS ISOTERMAS SOBRE A QUALIDADE FISIOLÓGICA E SANITÁRIA DE SEMENTES
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
07/06/2016 - 31/07/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Resumo
A qualidade fisiológica de sementes está diretamente associada às condições ambientais em que é produzida e armazenada, bem como às tecnologias utilizadas nos processos de colheita, secagem, beneficiamento e comercialização. No armazenamento, para a preservação da qualidade das sementes é necessário um conjunto de manejos que visem manter seu nível de qualidade por períodos de tempo mais prolongados. Neste contexto, o melhor entendimento das funções, dinâmica e atividade da água nas sementes é de suma importância para tentar diminuir a atividade metabólica das mesmas, assim minimizando sua deterioração. As curvas isotérmicas sorção e dessorção de secagem estão diretamente associadas à atividade do teor de água nas sementes, sendo consideradas umas das principais formas práticas de diminuir sua deterioração. O objetivo deste trabalho é determinar se o método de perda de água (secagem) de sementes pode influenciar na longevidade de sementes armazenadas, conseqüentemente no seu equilíbrio higroscópico. Para o tratamento sorção, as sementes serão mantidas sob baixa umidade, em torno de uma semana; e, para o tratamento dessorção, em alta umidade 85%, durante o mesmo período de tempo. Em seguida, as sementes serão transferidas para frascos hermeticamente lacrados, durante um mês, nas umidades de interesse: 12% (LiCl.H2O), 23% (Kac), 33% (MgCl2), 47% (KCNS), 52% Ca(NO3)2 e 67% (CuCl2) até atingirem o equilíbrio higroscópico. Após serão realizadas as avaliações da qualidade fisiológica das sementes como umidade, germinação, índice de velocidade de germinação, primeira contagem da germinação, emergência e índice de velocidade de emergência. Será utilizado nos experimentos o delineamento em blocos casualizados com quatro repetições. Os dados serão submetidos à analise de homogeneidade e homocedasticidade da variância. As médias do fator qualitativo sendo significativa serão comparadas utilizando-se o teste de Tukey a 5% de probabilidade. O fator quantitativo será avaliado por regressão e os modelos da regressão serão escolhidos baseados na significância dos coeficientes de regressão, adotando-se o nível de 5% de probabilidade, no fenômeno biológico a ser descrito e no coeficiente de determinação (R2). Os processamentos dos dados serão realizados com o auxilio do software R.

Objetivo Geral

O objetivo geral é determinar se o efeito de histerese de sementes pode influenciar na longevidade de sementes armazenadas, conseqüentemente no seu equilíbrio higroscópico. Nossa proposta quer provar que as diferentes espécies com o mesmo equilíbrio higroscópico devido o efeito dos diferentes métodos de perda de água (secagem) pode aumentar o potencial de armazenamento das sementes.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCISCO AMARAL VILLELA107/06/201631/07/2021
GERI EDUARDO MENEGHELLO207/06/201631/07/2021
IARA MAIQUELI STERN LEMKE2001/08/202031/07/2021
ILENICE HARTWIG2001/09/202031/08/2021
LILIAN VANUSSA MADRUGA DE TUNES107/06/201631/07/2021
MÁRCIO GONÇALVES DA SILVA407/06/201631/07/2021
PEDRO HENRIQUE ANDRADE DUQUIA2001/04/202131/08/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 20.000,00

Página gerada em 04/08/2021 07:17:04 (consulta levou 0.970438s)