Nome do Projeto
Adaptabilidade, capacidade competitiva e qualidade fisiológica de sementes das plantas daninhas Digitaria insularis, Sorghum halepense, Amaranthus viridis e Euphorbia heterophylla em solos de terras baixas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
06/06/2016 - 05/06/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Matologia
Resumo
A soja é alternativa de produção em regiões de terras baixas em rotação com a cultura do arroz irrigado. Isto devido principalmente à rentabilidade e ao desenvolvimento de cultivares com resistência ao herbicida glyphosate, o que facilita o manejo de plantas daninhas. O cultivo de soja em regiões de terras baixas tem como consequência a introdução e/ou seleção de biótipos de espécies de plantas daninhas para este ambiente. A adaptação ao novo nicho pode modificar a composição específica e a população das plantas daninhas na comunidade de plantas, portanto, alterando o grau de interferência com relação à cultura, afetando sua produtividade. De acordo com a natureza do ambiente, as plantas daninhas podem modificar tanto características metabólicas quanto anatómicas, como resposta ao novo ambiente para se estabelecer no novo local. Diante disso, o objetivo desse trabalho é determinar a capacidade de adaptação, competitividade, viabilidade e qualidade fisiológica de sementes das plantas daninhas Digitaria insularis, Sorghum halepense, Amaranthus viridis e Euphorbia heterophylla, a condições ambientais de solo de terras baixas. Os resultados permitirão compreender as respostas das plantas daninhas frente a condições de alagamento e sua interferência com as culturas, auxiliando desta forma na elaboração de estratégias de manejo integrado de plantas daninhas em lavouras de soja e arroz, minimizando o impacto destas na produção.

Objetivo Geral

Avaliar as alterações fotossintéticas e qualidade fisiológica de sementes das plantas daninhas Digitaria insularis, Sorghum halepense, Amaranthus viridis e Euphorbia heterophylla, quando submetidas alagamento em solo de terras baixas.
Determinar a competitividade e o efeito na qualidade fisiológica de sementes de soja quando em competição com as espécies Digitaria insularis, Sorghum halepense, Amaranthus viridis e Euphorbia heterophylla.
Estimar a produção e qualidade fisiológica de sementes das quatro espécies de plantas daninhas em estudo, em função do período de inundação na cultura de arroz.
Determinar a longevidade e viabilidade do banco de sementes das espécies de plantas daninhas em estudo, após o cultivo sucessivo de arroz irrigado e azevém em solo de terras baixas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRO NEUTZLING1201/08/201831/07/2019
ANDRÉS ANTONIO MONGE VARGAS406/06/201605/06/2020
BRUNO MONCKS DA SILVA106/06/201605/06/2020
JONAS MATHIAS SCHMIDT106/06/201605/06/2020
JONATHAN SCHWANZ TORCHELSEN106/06/201605/06/2020
JONATHAN SCHWANZ TORCHELSEN1201/08/201731/07/2018
ROBERTO COSTA AVILA NETO106/06/201605/06/2020

Página gerada em 22/09/2019 22:09:56 (consulta levou 0.073437s)