Nome do Projeto
Validação de método alternativo para castração de cordeiros com foco no bem estar animal
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/09/2016 - 30/07/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Fisiopatologia da Reprodução Animal
Resumo
A castração de machos ovinos é uma prática mundialmente realizada por propiciar melhor acabamento de carcaça, diminuição de odores e melhores características organolépticas da carne. Existem vários métodos que podem ser realizados para proporcionar esterilidade, como a extirpação das gônadas por cirurgia. Porém, a dor induzida pelo procedimento e as complicações pós-operatórias frequentes determinam a necessidade de desenvolvimento de técnicas menos invasivas. Uma alternativa é a interrupção do fluxo sanguíneo, que pode ser feito pelo esmagamento dos vasos (Burdizzo®) ou por anéis ou tiras de borracha (borracha), que se mostram determinantes de desconforto por períodos mais prolongados do que daqueles submetidos à cirurgia. Outra alternativa aos processos físicos é a utilização do método imunológico empregando vacina anti-hormônio liberador de gonadotrofinas (GnRH), levando ao bloqueio da síntese de testosterona. Entretanto, no Brasil, esta vacina é disponível comercialmente apenas para bovinos e suínos. Como alternativa aos métodos físicos e imunológicos, existe o método químico, baseado na aplicação intratesticular (IIT) de soluções hipertônicas de sais não tóxicos. Estudos realizados em bovinos com até 3 semanas de idade demonstram que a IIT de soluções hipertônicas de Cloreto de sódio (NaCl 20%) leva a uma esterilidade segura. Entretanto, estudos avaliando os efeitos da técnica sobre a preservação do bem-estar dos animais ainda são necessários. Desta forma, este trabalho visa determinar a viabilidade do uso de uma solução hipertônica com anestésico e analgésico na castração de cordeiros com até duas semanas de vida e seu impacto sobre marcadores de bem-estar em comparação ao método comumente utilizado em ovinos (borracha). Assim, pretende-se desenvolver um produto de fácil aplicação e economicamente viável para os produtores, evitando que os animais sejam expostos às técnicas de castração convencionais que promovem dor e desconforto.

Objetivo Geral

Geral: Determinar a viabilidade do uso da IIT hipertônica de NaCl em promover contracepção em cordeiros, considerando parâmetros de eficácia e bem-estar animal.
Específicos:
- Avaliar a capacidade esterilizante da solução hipertônica associada a anestésico e analgésico por via intratesticular;
- Determinar o impacto dos métodos de castração física (borracha) e química sobre os parâmetros de bem estar animal em relação ao grupo controle não castrado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ARNALDO DINIZ VIEIRA115/09/201630/07/2019
CARLOS EDUARDO RANQUETAT FERREIRA115/09/201630/07/2019
CRISTINA SANGOI HAAS115/09/201630/07/2019
FERNANDO CAETANO DE OLIVEIRA115/09/201630/07/2019
GEÓRGIA DA CRUZ TAVARES115/09/201630/07/2019
GUSTAVO JACO HARTMANN1201/03/201831/07/2018
HENRIQUE SCHNEIDER PESTANO115/09/201630/07/2019
MARTIELO IVAN GEHRCKE115/09/201630/07/2019
MONIQUE TOMAZELE ROVANI115/09/201630/07/2019
RAFAEL GIANELLA MONDADORI115/09/201630/07/2019
SERGIO FARIAS VARGAS JÚNIOR115/09/201630/07/2019
TAMIRES SILVA DOS SANTOS1201/08/201728/02/2018
THOMAZ LUCIA JUNIOR115/09/201630/07/2019
VITÓRIA GASPERIN GUAZZELLI COSTA315/09/201630/07/2019
VLADINIS OLIVEIRA MIRANDA115/09/201630/07/2019

Página gerada em 18/10/2019 23:45:51 (consulta levou 0.091408s)