Nome do Projeto
Análise da estrutura espacial urbana a partir dos aspectos configuracionais e das práticas no espaço urbano
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/10/2016 - 30/09/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Planejamento Urbano e Regional
Resumo
A estrutura espacial urbana pode ser entendida e analisada a partir de diferentes enfoques e características da cidade. Este trabalho investiga a estrutura espacial urbana, considerando dois aspectos específicos da morfologia urbana: configuração e função. Pretende-se explicar como a interação entre a configuração urbana e as práticas no espaço urbano contribui na estruturação espacial. Estas características morfológicas podem convergir, atuando em uma lógica de cooperação ou, em outras situações, a prática pode acontecer em espaços configuracionalmente desfavorecidos, evidenciando uma lógica de competição. A investigação pauta-se por estudos de morfologia urbana com um enfoque sistêmico, inserindo-se na linha dos estudos configuracionais urbanos. O método proposto consiste em descrever as diferentes características da forma urbana como elementos de uma mesma rede de relações. Desenvolve-se um modelo para representar sistemicamente a rede configuracional e as redes das práticas, incluindo as relações entre as práticas. O modelo possibilita analisar a estrutura espacial que se forma a partir da interação entre aspectos na escala global da cidade, referentes à configuração urbana e aspectos do contexto local, relativos às práticas no espaço urbano. As análises realizadas, a partir do estudo de caso na cidade de Jaguarão-RS, buscam revelar em que medida as características da configuração urbana e das práticas cooperam ou competem entre si, gerando diferentes resultados no sistema. A proposta do modelo consiste em integrar os dois aspectos da estrutura espacial urbana, relativos às escalas global e local do sistema urbano, através de uma medida combinada. Os resultados esperados devem indicar que a estrutura espacial urbana depende tanto das características locais, associadas às práticas, quanto das características globais, associadas à configuração do sistema urbano.

Objetivo Geral

O objetivo geral consiste em explicar como a interação entre a configuração urbana e as práticas pode contribuir na estruturação do espaço urbano.
Os objetivos específicos são:
a) identificar e descrever possíveis relações entre as práticas no espaço urbano, pautando-se em critérios formulados a partir de relações socioeconômicas;
b) analisar as situações em que as características configuracionais e das práticas cooperam e as situações em que competem;
c) analisar a associação entre a rede configuracional e as redes das práticas na estruturação do espaço urbano;
d) propor a descrição integrada dos aspectos da estrutura espacial urbana que caracterizam as escalas local e global da cidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA PAULA NETO DE FARIA401/10/201630/09/2018
MAURICIO COUTO POLIDORI201/10/201630/09/2018
OTAVIO MARTINS PERES201/10/201630/09/2018

Página gerada em 20/11/2019 22:48:29 (consulta levou 0.072049s)