Nome do Projeto
Desempenho agronômico e fisiológico de genótipos de algodão: posicionamento em diferentes condições de ambiente e manejo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/10/2016 - 30/09/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Resumo
A expansão do cultivo do algodoeiro para novas regiões e a introdução de novos sistemas de cultivo, aliado diferentes a técnicas de manejo, vem crescendo nos últimos anos. A introdução de novas cultivares e o aprimoramento do manejo da lavoura para os Agricultores Familiares e Patronais, vem sendo constantemente buscada pelas Empresas Públicas e Privadas do setor algodoeiro. A avaliação da aptidão e do desempenho agronômico e fisiológico de diferentes genótipos em diferentes condições ambientais pode contribuir para o melhor aproveitamento da área e dos recursos do meio. Perante o exposto, o presente projeto tem como objetivo avaliar atributos ecofisiológicos e agronômicos em diferentes genótipos de algodoeiro cultivados sob condições de ambiente e manejo, visando o posicionamento estratégico de materiais para microrregiões especificas do Brasil. Serão avaliados diferentes genótipos, regiões, técnicas de manejo e adotado o posicionamento estratégico de materiais. Conjuntamente, será efetuada a avaliação do crescimento, as trocas gasosas nos tecidos foliares, da qualidade fisiológica das sementes produzidas, da qualidade da fibra, do rendimento, da adaptabilidade e estabilidade dos genótipos.

Objetivo Geral

Avaliar atributos ecofisiológicos e agronômicos em diferentes genótipos de algodoeiro cultivados sob condições de ambiente e manejo, visando o posicionamento estratégico de materiais para microrregiões especificas do Brasil.

Objetivos específicos:

a) Estimar o potencial de produção de fibras e de sementes cultivadas em diferentes épocas e regiões, quanto ao rendimento e qualidade;
b) Analisar o crescimento e o potencial de produção de fibras e sementes em resposta aos diferentes manejos das plantas;
c) Determinar o potencial produtivo de fibras e sementes em resposta ao manejo da fertilização nitrogenada;
d) Estudar a interação entre espaçamento e população de plantas na linha, com a utilização de reguladores de crescimento.
e) Avaliar e caracterizar a adaptabilidade e a estabilidade de diferentes genótipos de algodoeiro sob condições de cultivo, quanto à fenologia e potencial de rendimento para produção de fibra e qualidade de sementes;

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGELICA DOS SANTOS DA CRUZ105/10/201630/09/2021
FELIPE KOCH105/10/201630/09/2021
PAULO DEJALMA ZIMMER105/10/201630/09/2021
TIAGO ZANATTA AUMONDE105/10/201630/09/2021
VINICIUS JARDEL SZARESKI105/10/201630/09/2021

Página gerada em 20/01/2021 16:05:48 (consulta levou 0.096059s)