Nome do Projeto
AVALIAÇÃO DO USO DE FÁRMACOS EM ANIMAIS DE COMPANHIA SEM ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2017 - 28/02/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Toxicologia Animal
Resumo
A automedicação é uma prática frequentemente relatada na rotina clinica tanto humana quanto veterinária. O ato da auto prescrição, auto medicação, e a administração aos pacientes veterinários de drogas medicamentosas por seus tutores, sem a prévia orientação do Médico Veterinário, constitui potencial risco de intoxicações nestes pacientes. Neste estudo será realizado um levantamento, a partir de questionário fechado disponibilizado em sala de espera do Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade de Pelotas (UFPel), localizado na cidade de Capão do Leão/RS. Pretendemos desta forma determinar a prevalência dos casos de medicação de animais de companhia sem orientação do médico veterinário e identificar dentre os fármacos mais utilizados, aqueles potenciais causadores de toxicoses medicamentosas.

Objetivo Geral

Este trabalho visa determinar a prevalência dos casos de medicação de animais de companhia sem orientação do médico veterinário, bem como identificar os fármacos mais utilizados e, dentre eles, ressaltar as potenciais causadores de toxicoses medicamentosas, estabelecendo dados loco regionais referentes aos usuários do Hospital de Clínicas Veterinárias da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), situado na cidade de Capão do Leão/RS.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARMEN LUCIA GARCEZ RIBEIRO202/01/201728/02/2018
GUILHERME ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA CAVALCANTI202/01/201728/02/2018
JOSE CARLOS PADILHA PINTO202/01/201728/02/2018
LUIZ FERNANDO JANTZEN GASPAR202/01/201728/02/2018
MARTA ZIELKE402/01/201728/02/2018

Página gerada em 18/09/2020 13:45:43 (consulta levou 0.096487s)