Nome do Projeto
Potencial cariogênico do biofilme originado de inóculos de sítios dentais com e sem lesões ativas de cárie.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
21/12/2016 - 28/07/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
Modelos de biofilmes de microcosmos in vitro originados a partir da saliva ou de amostras de placa dental têm sido bastante explorados com a finalidade de elucidar os processos relacionados ao estabelecimento e evolução da cárie dentária. O objetivo deste trabalho será avaliar o potencial cariogênico do biofilme originado de inóculos de diferentes sítios, através de um modelo de biofilme de microcosmos. Este estudo revisará de forma sistemática estudos in vitro que investigaram a influência do tipo de inóculo no potencial cariogênico e perfil microbiano do biofilme em modelos experimentais de biofilme. Os desfechos primários e secundários serão investigados: desmineralização, perfil microbiológico e variação de pH. Paralelamente a essa pesquisa, serão selecionados 10 indivíduos, faixa etária entre 12 e 18 anos de idade, que apresentem lesão não cavitada ativa de cárie em pelo menos três sítios dentais. Cada indivíduo doará 2 amostras da cavidade bucal, uma advinda da saliva, e uma da placa dental supra-gengival de superfície com lesão de mancha branca ativa em esmalte, a partir das quais será iniciado o crescimento dos biofilmes in vitro. O grupo controle corresponderá a indivíduos livres de cárie. Discos de esmalte bovino serão inoculados com saliva ou placa, a partir desses inóculos, e o biofilme irá se desenvolver em um sistema de placas de micro-poços, sob desafio cariogênico diário, com sacarose a 1% durante 6 horas. As placas serão incubadas em atmosfera de anaerobiose durante 14 dias, em uma temperatura de 37ºC. O meio de cultura definido enriquecido com mucina (DMM) será renovado diariamente e os valores de pH aferidos. A avaliação dos biofilmes será realizada após 24h, 72h, 120h, 168h e 14 dias. Os discos de esmalte serão imersos em meio de transporte reduzido, sonicados e as suspensões serão diluídas em RTF até 1:107 e inoculadas em duplicata nos meios de cultura para quantificação de microrganismos totais, estreptococos do grupo mutans, microrganismos totais acidúricos e bifidobacterium. As placas serão incubadas, e posteriormente as unidades formadoras de colônias contabilizadas e expressas em UFC/mg de espécime de biofilme (peso seco). Os espécimes de esmalte serão submetidos ao teste de microdureza para análise das alterações no esmalte promovidas pelo desafio cariogênico. Posteriormente os dados laboratoriais serão submetidos à análise estatística.

Objetivo Geral

Objetivo geral: Avaliar o potencial cariogênico do biofilme originado de inóculos de sítios dentais com e sem lesões ativas de cárie, através de um modelo de microcosmos de biofilme.
Objetivos específicos:
a) Realizar uma revisão sistemática com o objetivo de avaliar estudos que tenham investigado a influência do inóculo no perfil microbiano e/ou potencial cariogênico do biofilme;
b) comparar o potencial cariogênico do biofilme advindo de inóculos de origem salivar e da placa dental de superfícies dentárias com lesões de cárie ativa e superfícies hígidas;
c) analisar o perfil microbiológico resultante de biofilmes de diferentes inóculos submetidos ao desafio cariogênico.


Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CHAYANE DE SOUZA VIANA621/12/201628/07/2017
CÁCIA SIGNORI621/12/201628/07/2017
MAXIMILIANO SERGIO CENCI221/12/201627/07/2017

Página gerada em 06/12/2021 03:29:24 (consulta levou 0.040253s)