Nome do Projeto
Avaliação físico-hídrica de biossólidos na composição de substratos para três espécies de mudas de plantas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
09/11/2016 - 31/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Resumo
O lodo de esgoto vem sendo bastante aproveitado na agricultura, pois pode propiciar melhorias na qualidade do solo e retorno econômico, pois diminui a utilização de fertilizantes. No entanto, a maioria do lodo de estação de tratamento de esgoto (LETE) produzido no Brasil ainda não é aproveitado para fins agrícolas, sendo disposto na maioria das vezes de maneira inadequada. O objetivo do presente projeto é o de desenvolver e avaliar substratos a partir de LETEs para a produção de mudas, considerando o uso seguro na agricultura e a sua eficiência agronômica. Os LETEs utilizados serão provenientes de três Estações de Tratamento de Esgoto, oriundos das cidades de Passo Fundo, Santa Maria e Rio Grande, pertencentes à Companhia Riograndense de Saneamento (CORSAN). Estes serão previamente caracterizados quimicamente, quanto a presença de elementos potencialmente tóxicos, patogênicos e metais pesados. Para a avaliação do potencial físico-hídrico de biossólidos como misturas de substratos para plantas serão conduzidos três experimentos: 1- desenvolvimento de diferentes misturas a base de LETEs com resíduos oriundos da cadeia produtiva do arroz, da madeira e mineração; 2- caracterização físico-hídrica e química das diferentes combinações de matérias-primas com LETEs; 3- avaliação da resposta de três espécies de plantas: Acácia Mollissima (Acácia Negra), Lactuca sativa (Alface), Nicotiana tabacum (Fumo) a diferentes substratos à base de LETEs quanto à produção de mudas. A partir dos três experimentos será avaliado o potencial de LETEs como misturas de substratos, combinados individualmente com diferentes matérias-primas de ocorrência regional, geralmente utilizadas para a produção de substratos comerciais. Também serão avaliadas variáveis físico-hídricas dos substratos e a resposta de três espécies de plantas: Acácia Mollissima (Acácia Negra), Lactuca sativa (Alface), Nicotiana tabacum (Fumo) aos diferentes substratos desenvolvidos no experimento 1. Espera-se a partir dos resultados: i. elaboração e identificação de mistura(s) a base de LETEs e de resíduos de processos agroindustriais e industriais das cadeias produtivas do arroz, da madeira e mineração considerando o seu uso seguro na agricultura; ii. caracterização de diferentes misturas de LETEs, considerando aspectos de retenção e disponibilidade de água em substratos e seus aspectos nutricionais; e iii. avaliação do potencial agronômico de pelo menos um substrato contendo LETEs para produção de mudas de acácia,

Objetivo Geral

Objetivo Geral
Desenvolver e avaliar substratos a partir de Lodos de Estação de Tratamento de Esgotos (LETEs) para a produção de mudas, considerando o uso seguro na agricultura e a sua eficiência agronômica.

Objetivos Específicos
Desenvolver misturas de LETEs com resíduos de processos industriais e agroindustriais, com ênfase nas cadeias produtivas do arroz, da madeira e mineração;
Avaliar o potencial agronômico de diferentes LETEs, isolados ou em misturas, considerando aspectos de retenção e disponibilidade de água em substratos e seus aspectos nutricionais, em condições de laboratório;
Avaliar o potencial agronômico de mudas de acácia, fumo e alface em substratos a base de LETEs.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEX BECKER MONTEIRO2009/11/201631/12/2019
GABRIEL PEREIRA VOGEL2009/11/201631/12/2019
LUCIANA MARINI KOPP109/11/201631/12/2019
Mariana Teixeira da Silva2009/11/201631/12/2019
NATIELE KLEEMANN2009/11/201631/12/2019
OSVALDO RETTORE NETO109/11/201631/12/2019
THAÍS WACHOLZ KOHLER2009/11/201631/12/2019
VITOR EMANUEL QUEVEDO TAVARES109/11/201631/12/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
EMBRAPAR$ 61.064,64

Página gerada em 22/09/2020 23:11:36 (consulta levou 0.204123s)