Nome do Projeto
APLICAÇÃO DE ÓXIDOS DE FERRO PRODUZIDOS A PARTIR DA DRENAGEM ÁCIDA DE MINA NO TRATAMENTO DE LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2017 - 15/05/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Sanitária
Resumo
As exigências ambientais têm aumentado e impondo a necessidade de otimização dos processos industriais, principalmente através da gestão de resíduos. A viabilidade em agregar valor aos rejeitos gerados pela indústria é de suma importância para o desenvolvimento sustentável almejado pela sociedade e fator importante para manter a competitividade das empresas no mercado. As indústrias que beneficiam carvão são responsáveis pela disposição de resíduos sólidos estéreis e rejeitos constituídos por materiais carbonosos e minerais sem valor comercial. Estes rejeitos são ricos em sulfetos de ferro que se oxidam em presença do ar, da água e da ação de bactérias, desencadeando a acidificação de drenagens e a dissolução de metais, originando a drenagem ácida de mina (DAM). Visando a sustentabilidade do setor, este projeto busca aplicações para óxidos de ferro produzidos a partir DAM, uma vez que estes representam potencial matéria-prima de baixo custo para substituir reagentes de pureza analítica. As propriedades dos óxidos de ferro indicam que estes podem ser explorados como adsorventes e/ou catalisadores para remover poluentes de efluentes líquidos, desta forma, podendo ser empregados no tratamento de lixiviado de aterro sanitários. Apesar dos esforços, o tratamento do lixiviado ainda apresenta-se como desafio, principalmente, pela alta concentração de matéria orgânica biodegradável e refratária, amônia e compostos tóxicos orgânicos e inorgânicos. As opções disponíveis para o tratamento deste efluente são geralmente aquelas usadas para efluentes industriais e são muitos os insucessos observados nos tratamentos implantados, apontando para a necessidade de se repensar as estratégias adotadas até o momento. Desta forma, este projeto busca inovar ao propor aplicações para o uso dos óxidos de ferro produzidos a partir da DAM que contribuam para a tratabilidade do lixiviado de aterros sanitários, dando ênfase aos três problemas ainda recorrentes nas unidades em escala real: remoção de altas concentrações de matéria orgânica biodegradável, compostos recalcitrantes e remoção de nitrogênio amoniacal. Assim, contribuiria não só para o fomento de práticas de produção mais limpa, pela descoberta de novos usos para produtos oriundos dos rejeitos das indústrias de carvão, mas também, para a inovação ao propor técnicas eficazes no tratamento de lixiviado, que venham a auxiliar os gestores públicos, a enfrentar o desafio do tratamento deste efluente de forma mais decisiva.

Objetivo Geral

Objetivos

Geral
O principal objetivo deste projeto é avaliar aplicações para os óxidos de ferro, produzidos a partir do lodo químico gerado do tratamento da drenagem ácida de mina de carvão, como adsorventes e catalisadores no tratamento de lixiviado de aterro sanitário de resíduos sólidos urbanos.

Específicos
- caracterizar o lixiviado do aterro sanitário de Minas do Leão;
- avaliar a aplicabilidade dos óxidos de ferro como adsorventes e catalisadores (peroxidação) na degradação de um composto orgânico modelo recalcitrante, característico de lixiviado de aterro sanitário (ácido húmico);
- avaliar a aplicabilidade dos óxidos de ferro como adsorventes e catalisadores (peroxidação) na cinética de degradação do lixiviado do aterro sanitário de Minas do Leão.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA GONCALVES DA SILVA MANETTI501/03/201713/03/2018
CLAUDIA FERNANDA LEMONS E SILVA501/03/201713/03/2018
GUILHERME PEREIRA SCHOELER801/03/201713/03/2019
JÉSSICA TORRES DOS SANTOS801/03/201713/03/2019
NICOLE FERNANDES DA SILVA801/03/201713/03/2019

Página gerada em 22/01/2020 15:50:59 (consulta levou 0.078247s)