Nome do Projeto
Análise estatística e geoestatística da precipitação total média no Estado do Rio Grande do Sul
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/06/2017 - 20/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Resumo
A precipitação pluviométrica é uma variável climática que possui uma distribuição aleatória no espaço e no tempo, exercendo forte influência nas condições ambientais (MELLO; OLIVEIRA, 2016). Segundo Alves; Vecchia (2011) é uma das variáveis meteorológicas mais importantes para os estudos climáticos. A medição de dados de precipitação é extremamente importante na análise de projetos e modelos hidrológicos. Por exemplo, a capacidade de obter estimativas sobre a variabilidade espacial da precipitação torna-se importante para a possível identificação de tempestades localmente intensas que podem levar a inundações, principalmente repentinas (GOOOVAERTS, 2000). Além disso, atividades agrícolas e o rendimento das colheitas dependem da ocorrência de precipitação pluvial, tornando-se essencial para o planejamento dessas atividades o conhecimento da variabilidade espacial da precipitação (PIRES et al. 2016). Pode-se incluir ainda a importância para outros diversos ramos das ciências agrárias e ambientais, como, por exemplo, no manejo dos recursos hídricos, na avaliação ambiental e em estudos de erosão hídrica (MAGALHÃES et al, 2013). Através de métodos de interpolação torna-se possível avaliar a variabilidade espacial da precipitação pluvial, baseado em dados amostrais situados numa localidade de interesse. Desse modo, com a utilização destes métodos, é possível estimar o comportamento da precipitação para uma área onde não se verifica a presença de postos pluviométricos, oferecendo assim, subsídio para o planejamento de atividades econômicas que sofram influência direta ou indireta da precipitação (MAGALHÃES et al, 2013). Os dados de precipitação pluvial são obtidos em postos de coleta pontuais, o que gera a necessidade de utilização de métodos de interpolação espacial para o seu mapeamento, entre os quais pode-se citar a krigagem como uma das ferramentas mais importantes da geoestatística. Krigagem é um processo geoestatístico de estimativa de valores de variáveis distribuídas no espaço e/ou tempo, com base em valores adjacentes quando considerados interdependentes pela análise variográfica (PIRES; STRIEDER, 2006). Não se refere a um simples método de interpolação estocástico, pois utiliza geoestatística para efetuar a interpolação, o que em muitos casos é uma grande vantagem sobre outros métodos.

Objetivo Geral

O projeto proposto tem como objetivo geral espacializar a precipitação pluvial anual e mensal, no Estado do Rio Grande do Sul, utilizando a krigagem como técnica geoestatística.

Os objetivos específicos do projeto são:

• Verificar se as estações pluviométricas localizadas no Estado do Rio Grande do Sul apresentam tendência temporal nos dados.

• Verificar a aplicabilidade da análise geoestatística para a espacialização dos dados de precipitação no Estado do Rio Grande do Sul.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARINA KRÜGER BORK1001/06/201720/12/2018
FERNANDA PIRES PINTO1201/04/201831/07/2018
LUIS CARLOS TIMM201/06/201720/12/2018
LUISA BARBOSA PINTO DA SILVA1201/08/201731/03/2018
TIRZAH MOREIRA SIQUEIRA201/06/201720/12/2018

Página gerada em 23/09/2020 14:20:40 (consulta levou 0.083908s)