Nome do Projeto
Desenvolvimento de estratégias de controle de Anastrepha fraterculus e Ceratitis capitata (Diptera: Tephritidae) utilizando derivados de extratos de plantas à base de acetogeninas
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
15/04/2017 - 31/07/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Resumo
As moscas-das-frutas (Diptera: Tephritidae) são as principais pragas da fruticultura Brasileira considerada a terceira maior em área cultivada e produção no mundo. A incidência das moscas-das-frutas da família Tephritidae limitam a produção por atacarem próximo a colheita (praticamente no momento em que o começa a comercialização), ocasionando prejuízos de aproximadamente US$ 120 milhões ao ano. Esse montante é resultado das perdas diretas na produção, custos de controle e restrições na comercialização impostas pelos países importadores. Dentre as principais espécies de moscas das frutas de ocorrência predominante no sul do Brasil, destaca-se a Anastrepha fraterculus (Wiedemann, 1830) e Ceratitis capitata (Wiedemann, 1824) (Diptera: Tephritidae). Devido à pressão regulatória visando proibir inseticidas de maior toxicidade, diversos organofosforados utilizados para o controle dessas espécies foram retirados do mercado nos últimos anos reduzindo as medidas de controle disponíveis aos agricultores. O Manejo Integrado de Pragas (MIP) recomenda diversas medidas de manejo que devem ser empregadas de forma integrada. Nessa proposta, o objetivo é avaliar o efeito uso de extratos de plantas a base de acetogeninas sobre adultos de A. fraterculus e C. capitata e validar o uso em formulações de iscas tóxicas com atrativo alimentar com trabalhos de laboratório e campo. Paralelamente, será avaliado o efeito secundário sobre o parasitoide larval Diachasmimorfa longicaudata (Hymenoptera: Braconidae) visando disponibilizar ferramentas de manejo que possam ser empregadas pelos fruticultores numa estratégia de manejo integrado.

Objetivo Geral

Geral:

Desenvolver estratégias inovadoras para o manejo sustentável de A. fraterculus e C. capitata com a utilização de extratos botânicos ricos em acetogeninas.

Específicos:

1. Identificar extratos vegetais a base de acetogeninas com propriedades inseticidas que apresentam elevada toxicidade, efeito residual e de repelência a adultos de A. fraterculus e C. capitata.

2. Identificar compostos botânicos a base de acetogeninas com possibilidade de uso em formulações de iscas tóxicas para o manejo de A. fraterculus e C. capitata.

3. Avaliar a seletividade de extratos naturais mais promissores a base de acetogeninas para o manejo de A. fraterculus e C. capitata sobre o parasitoide de larvas D. longicaudata para o uso em sistemas de manejo integrado de moscas-das-frutas em cultivos de frutíferas de clima temperado.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAMILA GAUGER NEITZKE315/04/201731/07/2018
FLAVIO ROBERTO MELLO GARCIA115/04/201731/07/2018
HUGO SPEGIORIN JÚLIO1201/01/201831/07/2018
MÁRCIO SOARES FERREIRA1201/08/201731/12/2017
RUTE CAROLINE BECKER TREPTOW1201/01/201831/07/2018
SÁVIO RITTA MENDES1201/08/201731/12/2017
UEMERSON SILVA DA CUNHA115/04/201731/07/2018

Página gerada em 10/12/2019 14:41:41 (consulta levou 0.059906s)