Nome do Projeto
Demandas fisiológicas e contribuição dos sistemas energéticos em protocolos específicos de treinamento no Taekwondo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/12/2017 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências da Saúde - Educação Física
Resumo
A contribuição dos sistemas energéticos tem sido estudada nas modalidades esportivas de combate (CAMPOS, 2011, BENEKE et al., 2004); no entanto, considerando meios de treinamento, apenas o judô foi abordado até o momento (FRANCHINI et al., 2008). Por outro lado, é a partir do treinamento que lutadores se condicionam fisicamente para os combates e, portanto, o conhecimento da contribuição dos sistemas energéticos pode auxiliar na elaboração de protocolos mais específicos. Descrever e comparar a contribuição energética, assim como as demandas fisiológicas no Taekwondo. Serão envolvidos atletas faixas pretas de taekwondo de Pelotas/RS. Os mesmos realizarão três visitas ao laboratório. A primeira delas para anamnese, com aferição de parâmetros basais de frequência cardíaca e pressão arterial, mensuração de massa corporal (balança Filizola®, precisão de 0,1 kg) e estatura (estadiômetro Sanny®, precisão de 0,5 cm) e realização de teste incremental específico para Taekwondo (TKDtest). No segundo, terceiro e quarto dia os indivíduos serão submetidos aos seguintes protocolos experimentais, compostos por três rounds de dois minutos, com um minuto de recuperação entre eles: i) TKDtest 100% realizado a 100% da iVO2máx, sendo a mesma caracterizada pela frequência de chutes, ii) protocolo 15:10:5, constituído por cinco blocos de esforço, sendo quinze segundos destinados ao período de observação, composto por realização de step ritmado, dez segundos ao período de preparação, sendo composto por chutes semi circulares com frequência controlada e cinco segundos de interação, composto por chutes semi circulares realizados de modo all out, e; iii) protocolo 35:5, composto por quatro blocos de esforço por round, sendo 35 segundos destinados ao período observação, com uso de step ritmado e cinco segundos de interação, constituído por chutes semi circulares realizados de modo all out. Para a estimativa dos sistemas energéticos aeróbio, anaeróbio alático e anaeróbio lático será utilizado o consumo de oxigênio (VO2), o pico de [LAC] após os três diferentes protocolos e a fase rápida do excesso de consumo de oxigênio pós exercício (EPOCrápido), respectivamente. Os dados serão analisados com estatística descritiva e inferencial.

Objetivo Geral

O presente estudo tem como objetivo descrever e comparar a contribuição energética, assim como as demandas fisiológicas no Taekwondo. Especificamente, trata-se de: i) mensurar a frequência cardíaca, lactato sanguíneo e consumo de oxigênio, bem como ii) calcular a contribuição dos metabolismos aeróbio, anaeróbio lático e anaeróbio alático em três protocolos de treino específicos para o Taekwondo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRENO BERNY VASCONCELOS1201/08/201731/07/2018
CHARLES BARTEL FARIAS1201/08/201631/07/2017
GABRIEL VÖLZ PROTZEN201/01/201831/12/2018
RAFAEL BUENO ORCY202/05/201629/12/2017
ROSSANO DINIZ202/05/201629/12/2017

Página gerada em 23/08/2019 13:15:44 (consulta levou 0.063901s)