Nome do Projeto
Inter-relação entre saúde mental, dieta e adiposidade em adultos jovens
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2018 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
O aumento constante nas prevalências de obesidade e de transtornos mentais representam importantes problemas de saúde pública no mundo. A associação entre depressão, ansiedade e obesidade tem sido frequentemente demonstrada em estudos epidemiológicos, contudo, boa parte dessa evidência provém de países de renda alta. Assim, esta Tese objetiva avaliar a associação entre ansiedade, depressão, padrões alimentares e obesidade em adultos jovens pertencentes às coortes de 1982 e 1993 de Pelotas. Trata-se de um estudo longitudinal e prospectivo, com foco nas visitas realizadas na idade adulta de ambas as coortes. A ocorrência de ansiedade e depressão será estimada através da avaliação de sintomas dessas doenças e de entrevista diagnóstica aplicada por psicólogos em ambas as coortes. O consumo alimentar será avaliado por meio de questionário de frequência alimentar e os padrões alimentares serão obtidos através de análise estatística apropriada. A adiposidade corporal, assim como a distribuição da gordura serão avaliadas através de pletismografia (BodPod) e de medidas antropométricas (como o índice de massa corporal e a circunferência de cintura). A associação entre ansiedade, depressão e adiposidade corporal será avaliada de forma bidirecional. Além disso, pretende-se explorar os possíveis mecanismos comportamentais envolvidos nessa relação. Entender os mecanismos que permeiam a relação entre saúde mental, dieta e adiposidade corporal, em um estudo de coorte longitudinal, pode trazer importante contribuição para o planejamento de políticas e intervenções, bem como propiciar o desenvolvimento de estratégias mais adequadas para o tratamento dessas condições, que tantos prejuízos acarretam à saúde daqueles acometidos.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Avaliar a inter-relação entre saúde mental, dieta e adiposidade em adultos jovens pertencentes às coortes de nascimento de 1982 e 1993.

Objetivos específicos

Artigo 1:
o Estimar a prevalência de transtornos mentais em adultos jovens das coortes de nascimento de 1982 e 1993;
o Descrever a ocorrência de transtornos mentais segundo variáveis demográficas e socioeconômicas da mãe e do jovem;

Artigo 2:
o Identificar a relação entre TAG, EDM e padrões alimentares no início da vida adulta entre os jovens da coorte de nascimento de 1993;

Artigo 3:
o Estimar o efeito da trajetória de IMC na adolescência até a vida adulta na ocorrência de EDM e TAG aos 22 e 30 anos.
o Estimar a associação entre TMC e adiposidade na vida adulta (entre 18 e 30 anos), utilizando as seguintes medidas de adiposidade: IMC, CC e IMG
o Estimar, em uma análise de sensibilidade apenas com jovens da coorte de 1993, o efeito de TAG e EDM aos 18 anos nos indicadores de adiposidade aos 22 anos;
o Explorar a mediação da associação entre TMC (exposição) e adiposidade (desfecho) por fatores comportamentais, como nível de atividade física e padrões alimentares, e uso de medicamentos antidepressivos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA LUIZA GONÇALVES SOARES101/09/201628/02/2018
ANA PAULA GOMES DOS SANTOS201/09/201628/02/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 23.626,00
CNPqR$ 73.466,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 157.427,50
MSR$ 66.750,00

Página gerada em 23/01/2021 11:37:34 (consulta levou 0.351787s)