Nome do Projeto
Avaliação de genótipos de cana-de-açúcar para alimentação animal e produção de etanol de segunda geração
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
08/05/2017 - 08/05/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia
Resumo
O objetivo do trabalho é selecionar clones de cana-de-açúcar visando à utilização na alimentação animal e produção de etanol de segunda geração. A caracterização química dos genótipos visando à alimentação animal será realizada a partir da análise de três produtos oriundos da cana-de-açúcar são eles: cana picada (in natura), silagem e feno ou cana desidratada. A cana picada ou in natura será o primeiro produto analisado e com base neste serão selecionados os genótipos que apresentarem melhores características nutricionais para as análises dos produtos: silagem e feno de cana-de-açúcar. Para a cana picada serão avaliadas: a planta inteira (folhas, colmo e palmito) e folhas e palmito somente, (resíduos da colheita do colmo para extração do caldo). A silagem será realizada em silos experimentais de PVC com comprimento de 50 cm e diâmetro de 10 cm, onde o material será desintegrado em partículas de tamanho médio de 2 cm, e posteriormente compactado, vedado e armazenado por um período mínimo de 60 dias. Nestes produtos também será testado os efeitos do uso de aditivos na qualidade da silagem, dando origem a três diferentes tratamentos: silagem sem aditivos, silagem com aditivo comercial Biomax Cana® e silagem com aditivo comercial Kerasil Cana. Em cada tratamento serão utilizados 4 silos como repetição. Para o feno, as plantas serão desidratadas em estufa a 60° C até atingir peso constante, após serão armazenadas na forma de fardos por um período mínimo de 90 dias antes da análise química. Com as novas perspectivas de uso da biomassa de cana-de-açúcar para a alimentação animal e produção de etanol, esta poderá se tornar uma alternativa para diversificação nas pequenas propriedades rurais e complementação de renda na agricultura familiar, bem como já ocorre na utilização de seus tradicionais derivados: melado, açúcar mascavo, rapadura, aguardente.

Objetivo Geral

1. Objetivo geral:
Avaliar e caracterizar genótipos de cana-de-açúcar visando à utilização na alimentação animal e produção de etanol de segunda geração.
2. Objetivos específicos:
• Identificar genótipos com qualidade para a alimentação animal;
• Identificar genótipos com composição química desejável à produção de etanol de segunda geração;
• Avaliar o efeito dos aditivos para produção de silagem;
• Identificar o potencial dos resíduos folha e palmito na alimentação animal.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LUCAS SILVA LEMÕES808/05/201708/05/2019
SÉRGIO DELMAR DOS ANJOS E SILVA808/05/201708/05/2019
SÉRGIO DELMAR DOS ANJOS E SILVA808/05/201708/05/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 18.000,00

Página gerada em 17/11/2019 05:50:42 (consulta levou 0.080787s)