Nome do Projeto
Estudo epidemiológico das principais doenças que afetam os bovinos na região Sul do Rio Grande do Sul: análise espacial e temporal no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2017
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/01/2018 - 02/01/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
O Brasil é o segundo maior produtor de carne bovina do mundo, com aproximadamente 211 milhões de cabeças. Ao longo de quase quatro décadas o Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (LRD/UFPel) tem determinado as principais enfermidades que afetam bovinos em sua área de influência, que abrange aproximadamente 22 municípios da zona Sul do Estado. Destacam-se entre essas enfermidades a raiva, a intoxicação por Senecio spp. e a tristeza parasitária bovina. A raiva afeta várias espécies, causando perdas econômicas significativas pela morte dos animais. A intoxicação por Senecio spp. afeta principalmente bovinos e é a segunda maior causa de morte nesta espécie na região. As análises da distribuição das doenças e de seus determinantes no espaço e no tempo são algumas ferramentas que permitem compreender a tendência de ocorrência em determinadas épocas do ano (sazonalidade) e ao longo dos anos (ciclicidade), bem como a tendência de ocorrência em determinados municípios. O objetivo do presente projeto é realizar um estudo epidemiológico através da distribuição no espaço e no tempo das principais doenças que afetam bovinos no sul do Rio Grande do Sul, identificar e compreender os fatores epidemiológicos que podem contribuir para o surgimento destas doenças na região. Será realizado um estudo observacional e retrospectivo, por meio da análise de dados, tais como a taxa de incidência, letalidade e mortalidade da raiva e da intoxicação por Senecio sp., relacionados ao diagnóstico dessas enfermidades no sul do Rio Grande do Sul entre 2000 e 2017. Serão avaliadas as áreas que compreendem a área de influência do LRD/UFPel, identificando os protocolos de necropsias realizadas no laboratório ou a campo e/ou materiais remetidos por veterinários dos casos de raiva e de intoxicação por Senecio spp. diagnosticados em bovinos no período do estudo. As análises estatísticas serão realizadas por meio do software SPSS 20.0. Para a realização das análises espaciais, serão utilizados pontos georreferenciados das propriedades onde ocorreram surtos das doenças. Serão identificados os clusters espaciais, por meio da análise Hot Spot (Getis-OrdGi). As análises temporais serão realizadas através do software estatístico Gretl 1.9.12 (GNU Regression, Econometric and Time-series Library).

Objetivo Geral

Realizar um estudo epidemiológico através da distribuição no espaço e no tempo das principais doenças que afetam bovinos no sul do Rio Grande do Sul, e identificar e compreender os fatores epidemiológicos que podem contribuir para o surgimento destas doenças na região.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA CAROLINA BARRETO COELHO1002/01/201802/01/2019
BIANCA LEMOS DOS SANTOS3002/01/201802/01/2019
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN202/01/201802/01/2019
JOANNA VARGAS ZILLIG ECHENIQUE1002/01/201802/01/2019
LUCAS DOS SANTOS MARQUES202/01/201831/07/2018
LUIZA SOARES RIBEIRO202/01/201802/01/2019
PABLO ESTIMA SILVA1002/01/201802/01/2019
PLÍNIO AGUIAR DE OLIVEIRA1002/01/201802/01/2019
ROCHELI DA SILVA MÄHLER202/01/201802/01/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Recursos própriosR$ 3.000,00

Página gerada em 21/11/2019 17:02:01 (consulta levou 0.089421s)