Nome do Projeto
Implantes curtos vs implantes convencionais em maxila: um ensaio clínico randomizado
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
26/10/2017 - 31/07/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia
Resumo
A reabilitação protética com implantes dentários é desafiadora em região posterior de maxila, onde há pneumatização do seio maxilar. Para a reabilitação de pacientes com níveis ósseos intermediários, alternativas como o uso de implantes curtos vêm sendo muito utilizadas em estudos recentes. Também é necessário realçar o contexto protético de uma reabilitação implantossuportada, como o uso de diferentes materiais como abutments. O objetivo deste estudo é comparar a sobrevivência de dois tamanhos de implante (curto vs convencional) colocados em região de pré-molares superiores onde haja necessidade de enxertia óssea, com acompanhamento mínimo 3 anos, e avaliar o comportamento de diferentes materiais de abutments (titânio vs zircônia) em próteses implantossuportadas neste contexto. Este será um ensaio clínico randomizado onde dois grupos serão avaliados: 1) um implante convencional instalado simultaneamente à levantamento de seio maxilar e 2) um implante curto instalado sem levantamento de seio. O tipo de abutment também será randomizado, conforme material utilizado (titânio vs zircônia). O período de acompanhamento mínimo será de 3 anos. Os pacientes que se enquadrarem nos critérios de inclusão e aceitarem participar do estudo entrarão no processo de randomização. No momento da instalação do implante, um envelope pardo, contendo a palavra CURTO ou CONVENCIONAL, previamente numerado sequencialmente será aberto a fim de planejar a intervenção apropriadamente. Quatro meses após a instalação dos implantes, será checada a estabilidade e instalado o pilar protético, em zircônia ou titânio, conforme a randomização prévia. Os desfechos a serem avaliados serão a falha do implante e a falha da prótese em função do abutment. A análise dos dados será realizada de acordo com uma planilha pré-estabelecida utilizando o método estatístico de Kaplan-Meier e log rank test para avaliação de sobrevivência e sucesso, seguida de regressão de Cox, se for possível e conforme número de insucessos.

Objetivo Geral

Os objetivos gerais deste estudo são avaliar a falha de implantes unitários (curtos ou convencionais) instalados na região posterior de maxila (com ou sem levantamento de seio maxilar) e a falha da prótese, em função do abutment (de titânio ou de zircônia) utilizado nessas reabilitações.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA LUIZA CARDOSO PIRES1201/08/201831/03/2019
ANTONIO CESAR MANENTTI FOGACA126/10/201731/07/2019
BRUNA MUHLINBERG VETROMILLA426/10/201731/07/2019
GUILHERME DA LUZ SILVA1201/08/201831/07/2019
GUILHERME DA LUZ SILVA226/10/201731/07/2018
LAURA PATRICIA LUNA DA CUNHA1201/04/201931/07/2019
MATEUS DE AZEVEDO KINALSKI226/10/201731/07/2019

Página gerada em 22/11/2019 15:52:51 (consulta levou 0.072608s)