Nome do Projeto
Redes no agronegócio: Formação, evolução, governança e configurações
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/03/2018 - 28/02/2020
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Resumo
As redes interorganizacionais são definidas como grupos de organizações com interesses comuns, que se unem para a melhoria da competitividade a partir da prática da cooperação. Esse conceito é aplicado a diferentes configurações interorganizacionais, como joint ventures, alianças estratégicas, relações de terceirização e subcontratação, distritos industriais e redes sociais (BRAGA, 2010; CROPPER et al., 2014). Esses novos modelos organizacionais, mais horizontalizados e menos hierarquizados, em formato de redes de relacionamento, são necessários para que todos os agentes envolvidos sejam beneficiados no sentido de conquistarem maior participação no mercado que já atuam e, até mesmo, atingirem novos (FELDHAUS, PEREIRA e MORAIS, 2012). Entretanto, as redes interorganizacionais relativas agronegócio enfrentam barreiras para se consolidarem. Constata-se uma fraca coordenação entre os atores, tendo como consequências negativas a dificuldade do compartilhamento de informações, resistência à formalização de compromissos, a falta de confiança entre os agentes. Nesse sentido, torna-se importante identificar como estas redes são criadas, quais as barreiras e facilitadores estão presentes na formação e evolução destas redes, quais fatores contribuem para as mudanças e quais os impactos que provocam na rede e como estas redes são governadas e quais configurações assumem, contribuindo assim com a teoria e a prática da estratégia de redes.

Objetivo Geral

Dentro do foco estabelecido de pesquisar as redes do agronegócio, um primeiro objetivo mais amplo é o de compreender os processos de formação e evolução delas. Um segundo objetivo mais amplo associado a este projeto é de se pesquisar o processo de gestão destas redes através da compreensão das estruturas de governança e as configurações de praticas e instrumentos de gestão destas redes.

Mais especificamente, quanto a compreensão da formação e evolução das redes objetiva-se inicialmente:

• Descrever a formação e evolução das redes das redes do agronegócio.
• Identificar a sequência e classificar os eventos ocorrido nas redes pesquisadas;
• Identificar e classificar as mudanças nos relacionamentos ocorridos entre os atores participantes de redes após a ocorrência de eventos.

Quanto a compreensão da gestão das redes objetiva-se inicialmente:

• Descrever os modos de governança presentes nas redes do agronegócio;
• escrever as estruturas e instrumentos de governança utilizados em redes de economia solidária;
• Comparar os casos de redes estudadas e identificar similaridades e diferenças entre elas
• Descrever a trajetória de evolução das redes e identificar as mudanças ocorridas nos relacionamentos interorganizacionais entre os participantes de redes.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALISSON EDUARDO MAEHLER201/03/201828/02/2020
CYNTHIA PIRES HARTWIG2001/03/201828/02/2020
DIOVAN FONSECA GOULART1201/08/201831/07/2019
WILLIAN SODRE LEAL201/03/201828/02/2020

Página gerada em 19/07/2019 15:55:41 (consulta levou 0.082102s)