Nome do Projeto
PREVALÊNCIA E FATORES ASSOCIADOS À VITIMIZAÇÃO POR VIOLÊNCIA COMUNITÁRIA EM UNIVERSITÁRIOS
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
11/01/2018 - 31/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Resumo
Objetivo do projeto será estudar a prevalência e fatores associados à vitimização por violência interpessoal comunitária perpetrada por pessoa desconhecida em alunos ingressantes da Universidade Federal de Pelotas. O delineamento do estudo será do tipo transversal, realizado sob a forma de consórcio de pesquisa. Serão incluídos no estudo os alunos ingressantes no primeiro semestre do ano de 2017 da Universidade Federal de Pelotas e que estão matriculados de forma regular em algum dos cursos presenciais de graduação, nos campi Pelotas ou Capão do Leão, pertencentes a quaisquer áreas no segundo semestre letivo de 2017. O desfecho vitimização por violência interpessoal comunitária refere-se ao autorrrelato dos respondentes sobre terem sido vítimas de algum tipo de violência física ou ameaça nos últimos 12 meses. Para tal, serão utilizadas 10 questões do questionário da PNS (Apêndice 1). Foram incluídas duas opções de resposta na questão da PNS que trata do perpetrador da violência, com base no que foi visto durante a revisão de literatura. E incluída uma questão referente ao local da violência, para estimar se foi sofrida na cidade de Pelotas. Será considerado como vitimização por violência o indivíduo que responder positivamente a ter sofrido alguma violência ou agressão de pessoa desconhecida nos últimos 12 meses. Para os indivíduos que relatarem ter sido vítimas de violência interpessoal comunitária ao longo do último ano serão feitas perguntas sobre o número de episódios de violência, tipo de ameaça ou ferimento, local onde ocorreu a violência, quem foi o perpetrador, prejuízo para realizar atividades habituais, lesão corporal ou ferimento resultante da violência, se recebeu e onde foi prestada assistência e se do episódio resultou alguma sequela ou incapacidade.

Objetivo Geral

Objetivo geral
Estudar a prevalência e fatores associados à vitimização por violência interpessoal comunitária perpetrada por pessoa desconhecida em alunos ingressantes da Universidade Federal de Pelotas.

Objetivos específicos

Estimar a prevalência de vitimização por violência interpessoal comunitária perpetrada por pessoa desconhecida;
Avaliar a associação da vitimização por violência interpessoal comunitária perpetrada por pessoa desconhecida de acordo com características: demográficas (idade, sexo, identidade de gênero, orientação sexual, cor da pele, situação conjugal) socioeconômicas (classe econômica) comportamentais (tabagismo, uso de álcool e drogas)
Descrever o perfil da violência sofrida por alunos ingressantes, conforme o número de episódios de violência, tipo de ameaça ou ferimento, local onde ocorreu a violência, quem foi o perpetrador, prejuízo para realizar atividades habituais, lesão corporal ou ferimento resultante da violência, se recebeu e onde foi prestada assistência e se do episódio resultou alguma sequela ou incapacidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
PRISCILA LAUTENSCHLÄGER111/01/201831/12/2018

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 1.000,00

Página gerada em 22/01/2020 15:40:41 (consulta levou 0.074498s)