Nome do Projeto
Avaliação de vacinas contendo antígenos de Clostridium botulinum e Clostridium perfringens
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
05/03/2018 - 05/02/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Resumo
Bactérias do gênero Clostridium são conhecidas por produzirem diversas toxinas letais, responsáveis por enfermidades denominadas clostridioses, que causam mortes e significativas perdas econômicas no setor pecuário brasileiro e mundial. A forma mais eficiente de proteção contra as clostridioses é a vacinação com toxóides, que induzem a produção de anticorpos neutralizantes (antitoxinas). Contudo, apesar de eficientes, os toxóides comerciais contra as principais clostridioses de importância veterinária apresentam limitações no que diz respeito à produção industrial: i- Clostridium sp. produz níveis pouco previsíveis de toxinas in vitro; ii- o processo de produção é demorado e laborioso; iii- requer normas rígidas de biossegurança. Consequentemente, existe uma demanda para o desenvolvimento de processos e produtos que poderiam minimizar tais limitações. Neste contexto, o grupo de pesquisa do Laboratório de Imunologia Aplicada (Núcleo de Biotecnologia, CDTec, UFPel) vêm realizando pesquisas para desenvolver vacinas com toxinas recombinantes de Clostridium sp., as quais já foram avaliadas quanto ao título de anticorpos neutralizantes gerados após imunização das espécies modelo: cobaios (C. botulinum) e coelhos (C. perfringens) conforme preconizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) através da Instrução Normativa nº 23 e 49, respectivamente. A avaliação da duração da reposta imune induzida por toxóides convencionais mostram que o título de anticorpos neutralizantes é de curta duração, em algumas espécies a resposta imune tem a duração de apenas 3 a 4 meses. Quanto as proteínas recombinantes, estudos tem demonstrado que a concentração de antígeno, via de administração e intervalo entre doses influenciam diretamente na duração da resposta imune. Sendo assim, o presente projeto visa avaliar a imunogenicidade de vacinas recombinantes em experimentos nas espécies alvo (bovinos e ovinos) e acompanhar o título de anticorpos gerados durante 12 meses.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
- Avaliar vacinas recombinantes para controle de clostridioses causadas por C. botulinum e C. perfringens em bovinos e ovinos.

Objetivos Específicos
- Expressar dois antígenos de C. botulinum (rHcC e rHcD) e três de C. perfringens (rTα, rTβ e rTε);
- Elaborar vacinas bivalentes (C. botulinum), trivalentes (C. perfringens) e pentavalentes (C. botulinum e C. perfringens) utilizando hidróxido de aluminio, Montanide ISA50 ou Saponina como adjuvantes;
- Avaliar a inocuidade e imunogenicidade das vacinas nas espécies alvo;
- Quantificar o título de antitoxinas específicas presentes nos animais.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLÓVIS MOREIRA JR.2005/03/201805/02/2022
FERNANDA SILVA CARNEIRO1201/03/201931/07/2019
IGOR POLETTI1201/08/201831/07/2019
JAQUELINE FREITAS MOTTA4005/03/201805/02/2022
MÁRCOS ROBERTO ALVES FERREIRA4005/03/201805/02/2022
RAFAEL AMARAL DONASSOLO1201/08/201828/02/2019
RAFAEL AMARAL DONASSOLO1205/03/201831/07/2018
RAFAEL RODRIGUES RODRIGUES1205/03/201805/02/2022

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 110.000,00
FAPERGS (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul)R$ 40.000,00

Página gerada em 17/11/2019 05:43:43 (consulta levou 0.079543s)