Nome do Projeto
Determinação de pacientes FIV\FeLV positivos com esporotricose, aspectos clínicos da micose e sensibilidade dos isolados de Sporothrix spp. a compostos fenólicos e terpênicos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/03/2018 - 31/03/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Farmacologia e Terapéutica Animal
Resumo
A esporotricose é causada pelo complexo de fungos Sporothrix schenckii, que acomete humanos e animais, sendo o felino doméstico o animal que apresenta a maior frequência de casos. O itraconazol é o fármaco de eleição para o tratamento da esporotricose em felinos, porém a ocorrência de falhas terapêuticas vem sendo relatadas, as quais podem estar relacionadas a diversos fatores, como erro de dosagens e interrupção da terapia. Além disso, a imunossupressão pode contribuir para as falhas no tratamento uma vez que gatos portadores de viroses imunossupressivas, como FeLV, podem apresentar-se mais suscetíveis à doenças fúngicas. As amostras de lesões dos felinos com suspeita de esporotricose primária serão coletadas através da utilização de swabs estéreis. Os isolados de Sporothrix spp com histórico de resistência ou refratariedade para fins de comparação e avaliação serão obtidos a partir da micoteca do MICVET – UFPel. Para a detecção de FIV e FeLV nos felinos incluídos no estudo, será realizado o teste rápido (SNAP TEST IDEXX). Os compostos isolados a serem testados serão a quercetina, o ácido p-cumárico, o ácido caféico, o 1,8-cineol e o gamma terpineno, na concentração inicial de 10mg/mL e suas diluições sucessivas. Os isolados de Sporothrix spp. serão testados na fase filamentosa, e os testes de suscetibilidade serão realizados através da técnica de Microdiluição em Caldo. O presente projeto visa contribuir com a descoberta de novas formas de controle e tratamento de esporotricose com o objetivo de reduzir a contaminação ambiental e também os riscos de transmissão de zoonozes as pessoas e outros felinos, visando um maior cuidado com a saúde dos felinos e o auxilio ao tutor em obter um resultado eficiente em menos tempo, diminuindo suas chances de coinfecção. Ao final do projeto, espera-se ter caracterizado o paciente felino positivo para esporotricose e retroviroses atendido no ambulatório veterinário e HCV - UFPel; auxiliar no diagnóstico clínico adequado através de confirmação por exame micológico e determinar os pacientes que são co-infectados por retroviroses. A partir disto, pontuar as principais causas de falhas no tratamento para esporotricose, associar às condições de resistência fúngica ou às falhas terapêuticas, visando um esclarecimento das dificuldades enfrentadas hoje em relação ao tratamento da doença.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL:
Avaliar a atividade in vitro de compostos fenólicos e terpenos sobre
fungos do complexo Sporothrix spp. obtidos de casos clínicos de esporotricose
de felinos domésticos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
 Avaliar clinicamente os pacientes felinos com esporotricose e descrever
as lesões e alterações clínicas
 Verificar a escolha terapêutica e o tempo de tratamento instituído dos
pacientes diagnosticados com esporotricose e que apresentam
refratariedade ou resistência à tratamentos instituídos com antifúngicos
convencionais
 Testar os pacientes com esporotricose para infecção por FIV/FeLV
 Avaliar a resistência e a sensibilidade dos isolados de Sporothrix Spp.
frente aos antifúngicos convencionais utilizados
 Verificar a atividade fungistática e fungicida in vitro de compostos
fenólicos e terpenos contra isolados clínicos de Sporothrix spp. de casos
de esporotricose felina.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANGELITA DOS REIS GOMES131/03/201831/03/2020
ANNA LUIZA SILVA131/03/201831/03/2020
CAROLINE BOHNEN DE MATOS131/03/201831/03/2020
CERES CRISTINA TEMPEL NAKASU631/03/201831/03/2020
CRISTIANO SILVA DA ROSA131/03/201831/03/2020
CRISTINE CIOATO DA SILVA131/03/201831/03/2020
DANIELA LEHMEN131/03/201830/04/2018
DÉBORA DE CAMPOS AÑAÑA131/03/201831/03/2020
FABIO DA SILVA E SILVA131/03/201831/03/2020
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN131/03/201831/03/2019
GABRIELA DE ALMEIDA CAPELLA131/03/201831/03/2020
GUILHERME FERREIRA ROBALDO131/03/201831/03/2020
HELENA PIÚMA GONÇALVES131/03/201831/03/2020
JÉSSICA PAOLA SALAME131/03/201831/03/2020
KARINA AFFELDT GUTERRES131/03/201831/03/2020
KATIELLEN RIBEIRO DAS NEVES131/03/201831/03/2020
NIELLE VERSTEG131/03/201831/03/2020
RENATA OSORIO DE FARIA131/03/201831/03/2020
ROSARIA HELENA MACHADO AZAMBUJA131/03/201831/03/2020
SOFIA DAVILA FERNANDEZ131/03/201831/03/2020
STEFANIE BRESSAN WALLER231/03/201831/03/2020
TÁBATA PEREIRA DIAS131/03/201831/03/2020
VITTÓRIA BASSI DAS NEVES131/03/201831/03/2020

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 28.000,00

Página gerada em 14/11/2019 04:35:17 (consulta levou 0.095583s)