Nome do Projeto
A internacionalização de empresas do agronegócio brasileiras no mundo e internacionais no Brasil: estratégia, conhecimento e geração de inovações
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
11/06/2018 - 23/12/2019
Unidade de Origem
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Setores Específicos
Resumo
Nos últimos anos, um número crescente de empresas brasileiras vem se internacionalizando e alcançando novos mercados (FLEURY e FLEURY, 2007; SCHERER et al., 2009). Se no início do século XX essa era uma questão pouco provável, em meados do século XXI torna-se uma realidade, em especial devido ao aumento do poder dos países emergentes do BRICS (Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul) e um maior compartilhamento do poder global. Embora o processo de internacionalização das empresas brasileiras tenha acontecido com grande atraso em relação aos países centrais, como mencionam Guillen e Garcia-Canal (2009), alguns indicadores levam a crer que esse processo se encontra em evolução, como por exemplo, o volume de investimentos realizados no exterior por empresas brasileiras. Dados do Banco Central mostram que houve expressivo aumento do investimento das empresas brasileiras no exterior nos últimos anos, passando de passando de R$ 160 bilhões de dólares. O volume de capital aplicado no exterior, principalmente por parte das empresas, tem sido crescente, o que se traduz em investimentos e instalações produtivas (ainda que nem todo esse capital se transforme em investimento produtivo), aumento esse que se dá em cerca de 10% a 15% ao ano. A partir de 2008, principalmente em 2009, contudo, os valores passaram a apresentar uma queda acelerada, segundo dados do Banco Central, analisados pela Fundação Dom Cabral (2008; 2010), em grande parte devido à crise econômica mundial. No que se refere ao número de multinacionais brasileiras, os números apresentam variações, conforme a fonte utilizada e o objetivo do estudo. Dados da pesquisa da Fundação Cabral (2016) mostram que 64 empresas brasileiras podem ser consideradas multinacionais, pois atuam em mais de um país e tem ativos e negócios no exterior. Dessas, 10% situam-se no setor de alimentos e bebidas e 2% papel e celulose, que poderiam abranger empresas no agronegócio. No que tange ao agronegócio brasileiro, muitas empresas se tornaram players internacionais relevantes, consolidando o Brasil como um país importante nessa área. Podemos citar empresas como Camil, Brasil Foods (BRF), Marfrig, JBS, Suzano Papel e Celulose, cooperativas agrícolas e outros negócios. Também podemos observar um movimento inverso, de empresas internacionais atuando no Brasil, como Yara, John Deere, Brasmax, Cargill, Bayer, Monsanto entre muitas outras. No entanto, poucos são os trabalhos que analisam especificamente empresas desse setor.

Objetivo Geral

Objetivos:
• Geral:
Analisar como ocorre a internacionalização de empresas brasileiras do agronegócio ao exterior e, no sentido inverso, como empresas internacionais passaram a atuar no setor agrícola brasileiro nos últimos anos.

Específicos:
• Identificar as etapas e processos de internacionalização de empresas nacionais do agronegócio ao exterior;
• Identificar etapas e processos de atuação no Brasil de empresas internacionais do setor do agronegócio;
• Analisar o tipo de estratégia utilizada (integração global ou adaptabilidade local) e o papel das subsidiárias (implementadora local, contribuidora especializada e mandado mundial);
• Analisar como ocorre o processo de compartilhamento do conhecimento entre as diferentes unidades, quais os mecanismos e tecnologias envolvidos;
• Identificar como ocorre a inovação nesses grupos multinacionais e o grau de inovatividade (radical ou incremental);
• Identificar barreiras e dificuldades no processo de inovação;
Comparar os diferentes segmentos que compõem os Agronegócios em relação ao grau de inovação.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNO HENRIQUE DOS ANJOS NEVES807/05/201831/12/2019
GUSTAVO CORREA ACOSTA807/05/201831/12/2019
MARIA ISABEL RODRIGUES ROSINHA807/05/201831/12/2019
MARIO DUARTE CANEVER407/05/201831/12/2019
NADIA CAMPOS PEREIRA BRUHN423/10/201823/12/2019

Página gerada em 24/07/2019 02:23:19 (consulta levou 0.181737s)