Nome do Projeto
Efeitos sedativos de cetamina, midazolam e metadona associados ou não a acepromazina na medicação pré-anestésica de felinos
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/05/2018 - 31/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Anestesiologia Animal
Resumo
A sedação de felinos é de alta rotina na clínica veterinária. Tanto para realização de procedimentos ambulatoriais quanto como medicação pré anestésica previamente a anestesia geral para realização de procedimentos cirúrgicos. Um dos protocolos mais utilizados é a associação de cetamina, midazolam e metadona, contudo, este protocolo pode promover taquicardia e hipertensão somada a uma má qualidade de sedação e recuperação anestésica devido aos efeitos dissociativos da cetamina. O objetivo do estudo é adicionar a acepromazina ao protocolo visando-se reduzir as doses empregadas e dos efeitos indesejados. Serão utilizadas 16 gatas hígidas encaminhadas para castração eletiva no hospital veterinário da UFPel. Como medicação pré anestésica, os animais serão alocados em dois grupos: GC, que receberão cetamina (8 mg/kg), midazolam (0,3mg/kg) e metadona (0,3mg/kg) ou GCA, que receberão o mesmo protocolo associado a acepromazina (0,03mg/kg). Em ambos os grupos os medicamentos serão administrados por via intramuscular e misturados na mesma seringa. Após a admnistração, serã avaliado o grau de sedação dos animais aos 5, 10, 15 e 20 minutos. Caso a sedação alcançada não permita a manipulação do animal, será readministrado cetamina na dose de 2mg/kg até o efeito desejado Em seguida, os animais serão anestesiados com propofol e isofluorano para realização de ovariosalpingohisterectomia eletiva. Também serão avaliados os parâmetros clínicos durante a avaliação de sedação e no transcirúrgico. Ao final da cirurgia será avaliada a qualidade de recuperação da anestesia, bem como os tempos de recuperação. Os parâmetros clínicos serão avaliados pelo teste t e os graus de sedação pelo teste de Mann-Whitney. Espera-se que a associação com acepromazina melhore a qualidade de sedação e anestésica bem como os parâmetros clínicos, além de reduzir a dose dos demais fármacos.

Objetivo Geral

Avaliar o efeito da cetamina, midazolam e metadona, associados ou não a acepromazina, no período pré, trans e pós-operatório de gatas submetidas à ovariosalpingohisterectomia eletiva.
Avaliar a qualidade da sedação produzida pelos tratamentos propostos durante o período pré-anestésico.
Avaliar e comparar parâmetros cardiovasculares e pressóricos no período transoperatório dos dois protocolos propostos.
Avaliar o tempo e a qualidade de recuperação dos animais frente aos dois tratamentos propostos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BÁRBARA MACHADO NASPOLINI401/05/201831/12/2020
CAROLINE JEDE DE MARCO101/05/201831/12/2020
CATIANE PRESTES DOS SANTOS201/05/201831/12/2020
EDUARDO SANTIAGO VENTURA DE AGUIAR101/05/201831/12/2020
FABRICIO DE VARGAS ARIGONY BRAGA101/05/201831/12/2020
GUSTAVO ANTÔNIO BOFF101/05/201831/12/2020
JOSAINE CRISTINA DA SILVA RAPPETI101/05/201831/12/2020
JOSEANA DE LIMA ANDRADES101/05/201831/12/2020
PATRICIA SILVA VIVES101/05/201831/12/2020
THOMAS NORMANTON GUIM101/05/201831/12/2020

Página gerada em 12/12/2019 04:15:56 (consulta levou 0.135707s)