Nome do Projeto
Escola e comunidade: um estudo socioespacial na perspectiva da formação continuada de professores da educação básica
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
02/07/2018 - 30/12/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas - Educação
Resumo
A proposta de investigação integra o Grupo de Pesquisa Espaços Sociais e Formação de Professores (GESFOP) e emerge de uma das ações do projeto de extensão Encontros sobre o Poder Escolar. Tem como movimento inicial a premissa de que há um distanciamento entre escola e comunidade, o qual prejudica os processos escolares de ensino e aprendizagem. Neste sentido, a questão de pesquisa é saber qual o contexto socioespacial da escola, na medida em que está implicado em tal distanciamento. A investigação ocorrerá em uma escola pública da rede estadual que participou das ações do projeto de formação continuada Encontros sobre o Poder Escolar entre os anos 2015 e 2016. Os procedimentos de coleta de dados serão realizados através de entrevistas narrativas (BAUER & JAVCHELOVITCH, 2002) na busca de reconstrução de acontecimentos socioespaciais a partir da perspectiva dos informantes, elaboração de mapas mentais (RICHTER, 2011) para evidenciar representações espaciais do espaço vivido no cotidiano, e participação em reuniões pedagógicas da escola com o intuito de identificar dinâmicas de formação e expectativas curriculares. A análise dos dados terá como princípios a análise de conteúdo (BAUER, 2002; FRANCO, 2003). Os desdobramentos em torno do objeto de pesquisa serão tratados a partir dos estudos de LEFEBVRE (2006) e SOUZA (2016). A pesquisa, ao pretender compreender o contexto socioespacial da escola bem como identificar práticas espaciais dos membros da comunidade escolar, incide em um campo de estudo que conecta investigações sobre escolas e a espacialidade no âmbito da formação de professores e da educação geográfica.

Objetivo Geral

Compreender o contexto socioespacial da escola, na perspectiva de identificar os fatores determinantes do distanciamento entre escola e comunidade;
Conhecer os vínculos de uma escola pública da zona urbana com o seu entorno, a partir das práticas socioespaciais dos membros da comunidade escolar;
Buscar relações entre as características do contexto socioespacial, o trabalho docente e a formação continuada;
Compreender a cultura local e suas relações com a ação docente e com as intencionalidades expressas em propostas pedagógicas da escola;
Identificar as percepções de professores, alunos, pais e funcionários a respeito da cidade em que vivem, do lugar da escola e dos contextos em que vivem os seus alunos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
LUCAS SERPA DA SILVA202/07/201830/12/2020
NITIANE BITENCOURT DA SILVA202/07/201830/12/2020
ROSANGELA LURDES SPIRONELLO202/07/201830/12/2020

Página gerada em 15/12/2019 03:41:03 (consulta levou 0.159026s)