Nome do Projeto
Síntese e Reconhecimento Quiral via Ressonância Magnética Nuclear de Compostos Orgânicos de Selênio
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/02/2019 - 31/07/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Resumo
Dentre as diferentes técnicas empregadas no estudo da quiralidade está a espectroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN). A cada ano que passa vem aumentando o uso da RMN no estudo do reconhecimento quiral. Este fato se deve pela versatilidade da técnica de RMN e também pela disponibilidade do equipamento de RMN nos dias atuais. Este fato pode ser verificado também pelos trabalhos de revisão sobre o emprego da RMN no reconhecimento quiral. O presente projeto visa a síntese de diferentes compostos orgânicos de selênio com a presença de centros quirais e o estudo de reconhecimento quiral via técnicas modernas de ressonância magnética nuclear (RMN), tendo como método comparativo a cromatografia gasosa com fase estacionária quiral (CG-quiral). Neste projeto serão sintetizadas diferentes classes de compostos orgânicos de selênio, como álcoois, amidas, dióis e aldeídos para avaliação de metodologias de reconhecimento da quiralidade. Para isto será estudado diferentes procedimentos sintéticos, baseados em métodos alternativos, como solventes verdes e suportes sólidos, no intuito de desenvolver uma química mais sustentável. Além disso, as condições sintéticas que se busca desenvolver visa obter procedimentos mais rápidos e práticos, viabilizando o estudo da quiralidade. No Brasil ainda é escasso o número de trabalhos que empregam a RMN como uma ferramenta analítica na discriminação quiral e na determinação da configuração absoluta de compostos orgânicos. Na grande maioria dos casos é utilizado métodos cromatográficos, como a cromatografia gasosa ou a líquida de alta eficiência para a discriminação quiral e técnicas quiro-ópticas como a polarimetria ou o dicroísmo circular para a determinação da configuração absoluta. É necessário mudar este cenário e obtermos uma visão mais ampla das possibilidades de uso da RMN. Em vista disso, proponho o uso da RMN, não apenas para a elucidação estrutural, mas principalmente como uma ferramenta analítica que pode ser aplicada em diferentes áreas.

Objetivo Geral

O presente projeto visa o desenvolvimento de protocolos baseados em técnicas de ressonância magnética nuclear (1H, 77Se, DQF-COSY, TOCSY, J-Resolved, HSQC-Edited, HomoDec, 125Te) para a discriminação quiral e determinação da configuração absoluta de compostos orgânicos de selênio. Neste projeto, serão desenvolvidos métodos baseados em agentes de derivatização quiral (ADQ) e agentes de solvatação quiral (ASC), além de metodologias mais simples e práticas na síntese dos compostos contendo o átomo de selênio, como álcoois, amidas, aldeídos e dióis.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DIEGO DA SILVA ALVES101/02/201931/07/2020
EDER JOAO LENARDAO101/02/201931/07/2020
EDUARDO MARTARELO ANDIA SANDAGORDA2001/02/201931/07/2020
GABRIEL PEREIRA DA COSTA1001/02/201931/07/2020
GELSON PERIN101/02/201931/07/2020
MAURÍCIO CARPE DIEM FERREIRA XAVIER2001/02/201931/07/2020
YANKA ROCHA DE LIMA2001/08/201931/07/2020
YANKA ROCHA DE LIMA2001/02/201931/07/2019

Página gerada em 21/11/2019 17:07:00 (consulta levou 0.097137s)