Nome do Projeto
Efeito subletal e residual de agrotóxicos registrados para a cultura da soja ao parasitoide Telenomus podisi (Hymenoptera: Platygastridae) em laboratório e semi-campo
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/09/2018 - 03/04/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Agronomia - Entomologia Agrícola
Resumo
A soja (Glycine max (L.) Merrill) é a principal oleaginosa produzida e consumida no mundo devido ao fato dela ser utilizada tanto para o consumo animal quanto para o consumo humano. O Brasil é atualmente o segundo maior produtor mundial de soja sendo que esta desempenha um papel importante na balança comercial, visto que nos últimos anos vários outros setores da economia atuaram em queda. Dessa forma, tendo em vista a sua importância principalmente em termos econômicos, é essencial que o cultivo da soja seja feito de maneira eficiente garantindo a máxima produtividade que a cultura possa oferecer. Contudo, insetos-praga, doenças e plantas daninhas são um entrave para a manutenção da produtividade nas lavouras de soja brasileira. O controle dessas pragas se faz basicamente com a aplicação de agrotóxicos, os quais podem afetar o controle biológico desempenhado por parasitoides de ovos como Telenomus podisi Ashmead, 1893 (Hymenoptera: Platygastridae), o qual é hoje um dos principais agentes de controle natural de percevejos fitófagos da soja. Euschistus heros (Fabr. 1974) (Hemiptera: Pentatomidade) é o principal percevejo sugador na cultura da soja e deve ser controlado para que não ocorram perdas na qualidade e quantidade dos grãos colhidos. Contudo, o Manejo Integrado de Pragas (MIP) propõe a utilização das várias ferramentas disponíveis para o controle de pragas de modo integrado e que garantam maior equilíbrio ambiental. Essa estratégia de MIP é viabilizada com utilização de agrotóxicos seletivos a espécies não alvo como parasitoides de ovos, através da realização de testes de seletividade que avaliem os efeitos diretos e indiretos (subletais) dos agrotóxicos aplicados nas lavouras de soja. Com efeito, além do impacto na sobrevivência dos parasitoides, os agrotóxicos podem provocar efeitos a longo prazo na reprodução, longevidade e razão sexual desses agentes de supressão de percevejos fitófagos, o que impacta negativamente na manutenção efetiva do controle biológico nas lavouras de soja. Diante do exposto, serão realizados testes que avaliem o efeito letal e subletal de agrotóxicos registrados para a cultura da soja em condições laboratoriais e de semi-campo, baseando-se em metodologias consagradas pela “International Organization for Biological and Integrated Control of Noxious Animals and Plants” (IOBC), avaliando a mortalidade, capacidade de parasitismo, longevidade, razão sexual e emergência de T. podisi submetidos ao contato com agrotóxicos.

Objetivo Geral

Objetivos

1. Gerais:
- Avaliar o efeito subletal e residual de agrotóxicos registrados para a cultura da soja ao parasitoide de ovos Telenomus podisi segundo as recomendações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), para controle de insetos, plantas daninhas e doenças.

2. Específicos:
- Avaliar o efeito letal de agrotóxicos registrados para a cultura da soja a adultos T. podisi;
- Avaliar o efeito subletal de agrotóxicos registrados para a cultura da soja na fase adulta de T. podisi;
- Avaliar o efeito subletal de agrotóxicos registrados para a cultura da soja nas fases de ovo, larva e pupa de T. podisi;
- Testar em ensaios de semi-campo o efeito residual de agrotóxicos registrados para a cultura da soja;
- Avaliar o efeito de inibidores enzimáticos aplicados simultaneamente a agrotóxicos que foram inócuos a T. podisi em testes de subletalidade nas fases adulta, ovo, larva e pupa e em testes de efeito residual em semi-campo.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
EMILY BURGUEZ DA SILVA2001/01/202031/07/2020
MARIANE D'AVILA ROSENTHAL303/09/201803/04/2021
MOISES JOAO ZOTTI203/09/201803/04/2021
PAULO ALBERTO DE AZEVEDO2001/08/201931/12/2019
RONALDO ZANTEDESCHI1203/09/201803/04/2021

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 6.000,00

Página gerada em 28/11/2021 14:38:53 (consulta levou 0.047461s)