Nome do Projeto
PROJETO IC - Coração Bem Cuidado: Ensaio clínico fase II randomizado, multicêntrico, nacional, que visa avaliar a efetividade da promoção de autocuidado utilizando estratégia multifacetada para pacientes com insuficiência cardíaca.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
03/12/2018 - 01/10/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Medicina - Cardiologia
Resumo
A insuficiência cardíaca (IC) é uma pandemia com largo impacto e permanece como doença altamente prevalente e uma das principais causas de hospitalizações em todo o mundo. A despeito da gravidade e elevada mortalidade, o tratamento adequado da IC encontra-se ainda abaixo do considerado adequado, e bastante associado à baixa aderência dos pacientes. Estratégias para melhorar a aderência das diretrizes atuais em IC têm demonstrado sucesso no manejo destes pacientes. Inicialmente será realizado um estudo Fase II para avaliar a factibilidade da promoção de auto cuidado por meio de um programa de intervenções multifacetadas em insuficiência cardíaca. Em sua continuidade, o projeto permitirá a avaliação e validação do programa com potencial impacto para redução de desfechos maiores como descompensação clínica, internações e mortalidade, com impacto em qualidade de vida e redução de custos, interferindo diretamente nos profissionais de saúde que atendem aos pacientes com este perfil, bem como aos pacientes usuários do Sistema Único de Saúde. Desenho do estudo Trata-se de um ensaio clínico fase II randomizado, multicêntrico, nacional, com avaliação cega de desfechos que visa avaliar a efetividade da promoção de autocuidado utilizando estratégia multifacetada para pacientes com insuficiência cardíaca. 3.2 Critérios de inclusão 1- Adultos (> 18 anos) com insuficiência cardíaca de qualquer etiologia, em seguimento ambulatorial no período vulnerável após episódio de descompensação aguda (no dia da alta ou em até 1 mês após alta hospitalar); 2- Possibilidade de acesso à telefonia celular; 3- Pacientes com IC com FEVE reduzida (FE<40%), avaliado por ecocardiograma, resonância cardíaca, cintilografia oucineangiocoronariografia até 3 meses antes da randomização; Intervenção: Promoção de autocuidado utilizando uma estratégia multifacetada com base em uso de um dispositivo de tele monitoramento, baseado em mensagens por “short message system” (SMS), associado a algoritmos de inteligência artificial, ferramentas de ensino do autocuidado, e profissional de saúde gestor de caso (a ser acionado em situações pré-determinadas). Controle: Instruções para alta hospitalar que façam parte das rotinas assistenciais de suas instituições de origem, além da sessão educativa e do recebimento do manual básico sobre a IC.

Objetivo Geral

Objetivo Principal:
Desenvolver e avaliar a factibilidade de uma estratégia de monitorização, educação e autocuidado para otimizar o manejo do paciente com insuficiência cardíaca (IC) após alta hospitalar.

Objetivos Secundários:
Avaliar, em pacientes com insuficiência cardíaca, o efeito de um programa de promoção de autocuidado utilizando estratégia multifacetada em comparação ao atendimento usual nos seguintes desfechos:
- Aceitabilidade ao aplicativo;
- Satisfação do paciente e/ou familiar com o cuidado (ferramenta NPS);
- Qualidade de vida relacionada à saúde em 180 dias;
- Avaliação de escala de autocuidado, conhecimento em IC e adesão ao tratamento de IC;
- Eventos adversos graves;
- Desfechos clínicos em 180 dias (mortalidade global e cardiovascular, reinternação global e por IC);
- Visita ao departamento de emergência em 180 dias;
- Avaliação de mortalidade em 12 meses;
- Variação de EVA (Escala Visual Analógica) de dispnéia.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNO NOSCHANG BLAAS201/03/201901/03/2019
CAROLINA AVILA VIANNA103/12/201801/10/2020
DANIEL RIOS PINTO RIBEIRO103/12/201801/10/2020
ELISA FREITAS NEVES523/04/201901/10/2020
JOÃO PEDRO MUSSI LAYDNER201/03/201901/12/2019
MATHEUS SACCO GOMES523/04/201901/10/2020
PABLO MIGUEL SILVEIRA GOMES523/04/201901/10/2020
SÉRGIO RENATO DA ROSA DECKER523/04/201901/10/2020

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
Hospital do Coração de São PauloR$ 20.000,00

Página gerada em 14/11/2019 09:40:59 (consulta levou 0.073807s)