Nome do Projeto
Processamento da leitura em línguas minoritárias e adicionais
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
30/10/2018 - 30/11/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes - Linguística - Psicolinguística
Resumo
A leitura de textos em duas ou mais línguas é uma habilidade cada vez mais demandada na sociedade atual. No Brasil, essa necessidade tem relação com as iniciativas dos próprios falantes de língua minoritária (pomerano e hunsriqueano, por exemplo) de usarem textos escritos na sua língua materna, a fim de favorecerem a sua manutenção. Além disso, a habilidade da leitura corresponde à necessidade de aprendizes de línguas adicionais, como inglês, alemão, espanhol e francês, de usarem essas e outras línguas no âmbito corporativo e/ou acadêmico. Considerando essas populações, o objetivo geral deste projeto é investigar processos subjacentes ao processamento da leitura em línguas minoritárias e em línguas adicionais nos níveis lexical e sintático. Para tanto, serão construídos e aplicados experimentos com palavras escritas em língua minoritária e com sentenças em língua adicional. Esperamos que a pesquisa possa contribuir, de um lado, com as políticas linguísticas relacionadas à manutenção das línguas minoritárias, encontrando efeitos benéficos dessas línguas no processamento da leitura. A inclusão das línguas minoritárias nos estudos brasileiros de cunho psicolinguístico pode oferecer uma contribuição relevante para o entendimento de configurações do multilinguismo pouco investigadas no mundo. De outro lado, esperamos que a pesquisa sobre o processamento de línguas adicionais por multilíngues possa contribuir para o aperfeiçoamento de métodos de ensino relacionados às habilidades leitoras de aprendizes que possuem as configurações linguísticas investigadas.

Objetivo Geral

Objetivo geral:
Investigar processos subjacentes ao processamento da leitura em línguas minoritárias e em línguas adicionais nos níveis lexical e sintático.

Objetivos específicos:
Verificar que fatores podem influenciar o processamento da leitura na língua minoritária, como, por exemplo, idade de aquisição, capacidades cognitivas e tamanho de vocabulário.
Verificar que estratégias os falantes de língua minoritária utilizam para ler palavras na sua L1, tarefa que não costumam fazer com frequência.
Investigar diferenças entre o processamento de palavras escritas em português e em língua minoritária (cognatas e não cognatas).
Investigar o processamento de sentenças em língua adicional, especialmente em alemão como língua estrangeira.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DANIELE EBEL230/11/201830/11/2021
ELIZANDRA SCHWANZ DA SILVA NETTO2001/08/201931/07/2020
ELIZANDRA SCHWANZ DA SILVA NETTO230/11/201831/07/2019
FERNANDO LUIZ KROTH230/11/201831/07/2020
ISABELLA HOFFMANN DÖRR230/11/201818/12/2020
JHULY NOLASCO MADRUGA230/11/201818/11/2020
LARISSA CAROLINE FERREIRA230/11/201820/12/2019
LOURDES HELENA DA ROSA DALLMANN230/11/201820/12/2019
NEIVA EDI KICKHOFEL TAVARES230/11/201830/11/2021
RAFAELA RESENDE NUNES230/11/201818/11/2020
RUTE DE ARAUJO SANTIAGO230/11/201830/11/2021

Página gerada em 20/11/2019 22:58:08 (consulta levou 0.093110s)