Nome do Projeto
EXPLORACOES URBANAS ERRAR NO LIMIAR
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/12/2018 - 31/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Teoria da Arquitetura
Resumo
A exploração, a deriva, o ir a ocaso se apresenta como reapropriação da cidade, a oportunidade pode ser utilizada como estratégia para investigar o território através da imersão total nele, assim, transpor as fronteiras psicogeográficas, para reconstruir o mapa dos fragmentos urbanos. A presente pesquisa aborda a cidade como entidade em evolução, como órgão independente em constante desenvolvimento e transformação, que pode crescer como um sistema autônomo. Nessa visão utópica de um desenvolvimento linear da cidade, no contexto de produção, pode-se dizer que as cidades são desenvolvidas de baixo para cima de forma incremental, mas o planejamento se dá́, a partir de cima, assim o projeto acaba por ser uma pequena parte de um desenvolvimento orgânico muito maior. Hoje em dia o urbanismo tradicional, como ferramenta de planejamento urbano da cidade a longo prazo, prevê o crescimento e o desenvolvimento das potencialidades e das criticidades do território, porém as transformações urbanas ocorrem de forma mais acelerada do que a realidade decenal dos planos diretores proporciona. Hoje em dia o urbanismo tradicional, como ferramenta de planejamento urbano da cidade a longo prazo, prevê o crescimento e o desenvolvimento das potencialidades e das criticidades do território, porém as transformações urbanas ocorrem de forma mais acelerada do que a realidade decenal dos planos diretores proporciona. Quanto a abordagem, a pesquisa caracteriza-se como qualitativa, pois não se preocupa com representatividade numérica, mas sim, com o aprofundamento da compreensão de um grupo social, de uma organização, centrando-se na explicação e dinâmica das relações sociais, a partir de diferentes métodos, podendo assim, ser utilizado uma metodologia própria- a presente pesquisa utilizou a metodologia da deriva-. A metodologia da deriva proporciona a coleta de diferentes materiais, assim como a análise de forma transversal dos fenômenos urbanos. O artigo apresenta a deriva, a errância, o ir sem rumo, como uma ferramenta de conhecimento do organismo cidade. A reaproximação por intermédio da aboradagem corporal na cidade se devolve como necessidade de tocar a complexidade da contemporaneidade e assim encontrar novos parâmetros de estudo e abordagens. O acaso como estratégia de observação, a deriva e a errância como observação da transitoriedade da cidade contemporânea.

Objetivo Geral

A presente pesquisa tem por objetivo discutir a metodologia da deriva a partir da exploração, observação dos espaços e cartografia, dentro do contexto contemporâneo da produção cidade. Dessa forma é possível perceber tanto os acontecimentos previstos peloplanejamento urbano tradicional, quanto os fenômenos informais que ocorrem cotidianamente na transformação da cidade O objetivo não é apenas a constatação da complexidade do organismo cidade, mas sim, a subjetividade dela, na criação de um senso crítico e ético.
(a) observar e vivenciar a cidade para detectar as contradições do desenvolvimento urbano e assim encontrar novos parâmetros para avaliar os mecanismos de produção e transformação da cidade
(b) criar uma crítica sobre a atual conjuntura da cidade de Pelotas, seus modos de uso e conflitos urbanos.
(c) Reapropriação dos espaços urbanos através da ação performática coletiva de atravessamento na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul.
(d) Publicação dos resultado e dissertações em revistas internacionais

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINA MESQUITA CLASEN231/12/201831/12/2021
EDUARDO ROCHA231/12/201831/12/2021
FABIANE BIEDRZYCKA DA SILVA GALARZ231/12/201831/12/2021
GUSTAVO DE OLIVEIRA NUNES231/12/201831/12/2021
HELENE GOMES SACCO231/12/201831/12/2021
LORENA MAIA RESENDE231/12/201831/12/2021
MATHEUS GOMES BARBOSA201/01/201931/12/2021
TAIANA PITREZ TAGLIANI231/12/201831/12/2021
VALENTINA MACHADO231/12/201831/12/2021

Página gerada em 04/12/2022 02:55:16 (consulta levou 0.085107s)