Nome do Projeto
Simultaneidade de fatores de risco à saúde em estudantes de uma universidade pública do Sul do Brasil
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
23/12/2018 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Tabagismo e inatividade física estão entre os maiores fatores de risco à saúde. Juntos são responsáveis por cerca de 15,0% da mortalidade ao redor do mundo estimando-se que a inatividade física, seja responsável por mais de 5,3 milhões de casos. Além disso, se estima que custos causados cheguem a 500 bilhões de dólares por ano para o tabagismo26 e mais de 50 bilhões de dólares para inatividade física. O comportamento sedentário também é relatado na literatura como sendo um importante contribuinte para um pior status de saúde, bem como o sono inadequado, que pode afetar especialmente capacidades físicas, cognitivas e sociais. Existe uma ampla literatura a respeito de prevalências e fatores associados para cada comportamento de risco no período universitário. Contudo, há uma lacuna sobre a ocorrência simultânea desses fatores na população em geral e principalmente entre estudantes de nível superior. Em estudos sobre simultaneidade de fatores de risco a inatividade física e o tabagismo estão presentes na maioria. Por outro lado, aspectos emergentes como comportamento sedentário e tempo inadequado de sono, apesar do seu potencial efeito negativo a saúde, ainda são pouco estudados em relação a ocorrência simultânea de comportamentos inadequados para uma vida saudável. Estudos recentes mostraram que não existe uma aleatoriedade na ocorrência de grupamentos de fatores de risco, e que, portanto, é fundamental e relevante a avaliação de comportamentos de maneira simultânea16. Além disso, já foram demonstrados efeitos sinérgicos de comportamentos de risco sobre a mortalidade. Jovens universitários se encontram em um período de transição da adolescência para a vida adulta. Tendo em vista as dificuldades, em tempos modernos, de se manter uma vida saudável durante a fase adulta, este período, ao cursar o nível superior, pode ser um ótimo momento para aquisição de hábitos saudáveis à saúde. Neste sentido, avaliar a simultaneidade de fatores de risco à saúde de universitários torna-se relevante. Portanto, o presente trabalho justifica-se na medida que os conhecimentos da distribuição destes parâmetros servem de guia para a realização de ações de promoção de boas práticas de saúde em um grupo com grande potencial de influência no futuro profissional.

Objetivo Geral

Objetivo geral

Verificar a ocorrência simultânea de comportamentos de risco para à saúde em estudantes de uma universidade pública de Pelotas/RS.

Objetivos específicos

Estimar a prevalência de inatividade física no lazer;
Determinar a prevalência de comportamento sedentário;
Verificar a prevalência de tabagismo;
Identificar a prevalência de tempo de sono inadequado;
Estimar o excesso de ocorrência simultânea destes comportamentos de risco à saúde, em relação ao que seria esperado ao acaso.
Determinar a prevalência de universitários apresentando zero, um, dois, três e quatro comportamentos de risco em simultâneos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ADRIANA KRAMER FIALA MACHADO123/12/201828/02/2019
PEDRO AUGUSTO CRESPO DA SILVA423/12/201828/02/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 30.000,00

Página gerada em 24/02/2024 23:13:12 (consulta levou 0.037050s)