Nome do Projeto
Otimizando ferramentas de baixo custo no diagnóstico e na triagem da sarcopenia
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
31/12/2018 - 28/02/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Resumo
Define-se sarcopenia como a perda de massa muscular associada à perda de força e/ou performance muscular. Esse conjunto de fatores é sabidamente relacionado a desfechos negativos em saúde, como a incapacidade física, a fragilidade e um aumento na morbimortalidade geral. Em termos diagnósticos, a avaliação da massa muscular é um grande limitante. Métodos precisos, como a tomografia computadorizada e a absorciometria de duplo feixe de raios-X, são dispendiosos e exigem deslocamento dos pacientes. Métodos antropométricos, apesar de práticos, não são satisfatoriamente precisos. Nesse sentido, um método promissor seria o ultrassom. Amplamente disponível, permite avaliação rápida, prática e segura; possui precisão satisfatória; e não exige o deslocamento do paciente (pode ser realizado à beira do leito ou no próprio domicílio). Porém, estudos sobre a validade do método ainda não são conclusivos, e a falta de consenso é um importante limitante para sua consolidação na prática clínica diária. Dadas as limitações diagnósticas, como alternativa, buscam-se métodos de triagem para identificação de indivíduos de maior risco, que requeiram investigação diagnóstica completa subsequente. Um dos métodos propostos é o questionário SARC-F (sem versão em português), composto por cinco questões, capaz de identificar indivíduos em risco. O estudo COMO VAI? (mestrado em Epidemiologia UFPel 2013/14) avaliou 1.451 idosos residentes em Pelotas em seus próprios domicílios (incluindo dinamometria, velocidade de marcha e aferição da circunferência da panturrilha). Dessa população, através de seleção determinística, 193 idosos foram submetidos a exames como avaliação antropométrica e aferição por US da musculatura de membros superiores e inferiores, absorciometria de duplo feixe de raios-X e aplicação do SARC-F traduzido, em um subestudo de autoria do doutorando. Este projeto abrange a validação do SARC-F, em sua forma traduzida, para o rastreio de sarcopenia na população estudada. Ainda, propõe-se, na mesma população, a avaliação da massa muscular por ultrassom (US) e a determinação de pontos anatômicos e valores de referência para a modalidade. Por fim, planeja-se a elaboração de um artigo de opinião sobre o papel do US na avaliação da massa muscular.

Objetivo Geral

Objetivos Gerais

 Aplicar o SARC-F, uma ferramenta de triagem de sarcopenia, em uma amostra populacional de idosos residentes na cidade de Pelotas, RS (Artigo 1, concluído);
 Estudar a viabilidade do US como instrumento de avaliação da MM no âmbito diagnóstico da sarcopenia (Artigos 2 e 3).


Objetivos Específicos

 Artigo 1:
o Realizar a tradução, por meios oficiais, e a validação do questionário SARC-F (originalmente proposto em inglês) para a língua portuguesa;
o Comparar a performance do SARC-F no rastreio da sarcopenia com a avaliação da função muscular, a fim de identificar sua melhor finalidade;
o Avaliar se incorporar medidas antropométricas ao SARC-F, como indicativos de MM, melhora sua performance no rastreio de sarcopenia.
 Artigo 2:
o Avaliar a viabilidade da determinação de MM apendicular em idosos por meio do US;
o Estabelecer pontos de corte indicativos de perda de MM apendicular, por meio do US, em idosos.
 Artigo 3:
o Desenvolver um protocolo de aplicação de US antropométrico baseado na literatura atual e no observado analiticamente, abordando, no mínimo, os seguintes tópicos: sítios anatômicos, posicionamento do paciente, compressão tecidual, lado(s) avaliado(s) e número de repetições em cada sítio anatômico.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
THIAGO GONZALEZ BARBOSA E SILVA431/12/201828/02/2019

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CAPESR$ 82.500,00

Página gerada em 23/01/2021 21:20:47 (consulta levou 0.110281s)