Nome do Projeto
Desempenho clínico e funcional de próteses totais fixas implanto retidas na maxila pelo protocolo All-on-4 (Neoarch): estudo clínico intervencional de acompanhamento longitudinal
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
01/04/2019 - 06/03/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Resumo
A grande maioria dos estudos disponíveis apenas aborda problemas relacionados à falta de retenção e estabilidade da prótese total convencional (PTC) mandibular e pouco se sabe sobre o impacto de uma reabilitação de arco total fixa sobre implantes na maxila. Para reabilitação com implantes na maxila, a odontologia tem se concentrado em terapias que minimizem o número de implantes utilizados e diminua a invasividade cirúrgica. Neste sentido, com a adoção da técnica All-on-4, enxertos ósseos e levantamentos de seio maxilar podem ser evitados ao se utilizar 4 implantes, sendo dois implantes verticais anteriores (região incisivos/caninos) e 2 implantes inclinados. Nesses casos implantes inclinados mais longos são utilizados para aumentar a ancoragem cortical e aumentar a superfície de contato entre osso e implante. Entretanto, a literatura ainda é escassa no que se refere a efetividade clínica da implementação desta técnica cirúrgica, assim ainda é necessário se analisar o potencial sucesso clínico da reabilitação protética fixa maxilar e suas complicações, bem como o impacto no desempenho mastigatório, na força de mordida, na satisfação e na qualidade de vida desses indivíduos. Para tanto, este estudo clinico intervencional prospectivo tem como objetivo acompanhar por 3 anos, 16 pacientes desdentados totais usuários de overdentures mandibulares implanto-retidas que serão selecionados de acordo com a disponibilidade óssea maxilar para serem reabilitados com próteses fixas implanto-retidas segundo o conceito All-on-4 (Neoarch). Desfechos clínicos, imunológicos, funcionais e centrados na satisfação e qualidade de vida dos pacientes serão avaliados durante o primeiro ano de carregamento oclusal e após 2 e 3 anos de acompanhamento.

Objetivo Geral

Realizar um estudo clínico intervencional para reabilitação maxilar com próteses totais fixas sobre implantes em pacientes usuários de OM com a finalidade de analisar durante o primeiro ano de função, melhorias na função mastigatória, força de mordida, satisfação e qualidade de vida de pacientes edêntulos bem como monitorar a saúde periimplantar e padrão de liberação de citocinas pró e anti-inflamatórias. Em adição, determinar o sucesso e sobrevivência dos implantes. Além disso, objetiva- se um acompanhamento clínico de todos esses parâmetros por 3 anos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALESSANDRA JULIÊ SCHUSTER401/04/201918/12/2020
ANNA PAULA DA ROSA POSSEBON401/04/201906/03/2023
LUCIANA DE REZENDE PINTO201/04/201906/03/2023
OTACILIO LUIZ CHAGAS JUNIOR201/04/201918/12/2020
SAMILLE BIASI MIRANDA201/04/201906/03/2023

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPqR$ 49.271,00

Página gerada em 25/01/2020 03:57:11 (consulta levou 0.078229s)