Nome do Projeto
Organização dos trabalhadores de empresas-aplicativo no contexto de fetichização da liberdade
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
22/05/2019 - 22/05/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas - Administração
Resumo
A fetichização da liberdade é um fenômeno ideológico que tem suas raízes no liberalismo econômico clássico e se renova e assevera no neoliberalismo. Assume-se que é ideológico porque, seguindo Lukács (2013), apresenta um caráter prático-operacional já que orienta a ação do ser social no processo de resolução de seus problemas e alivia conflitos sociais e tensões entre as classes (LUKÁCS, 2013). Suas manifestações contemporâneas abarcam, entre outras, noções interdependentes como empreendedorismo e homem empreendedor, economia de compartilhamento , gig economy e uberização do trabalho, sendo estas potencializadas pelo surgimento das empresas-aplicativo e, consequentemente, pela expansão de um proletariado predominantemente vinculado aos serviços. Por meio de pesquisa documental, observação não-estruturada e entrevistas semi-estruturadas procura-se caracterizar as organizações de luta de trabalhadores de empresas-aplicativos existentes ou em formação e compreender o conteúdo dessas lutas em face da fetichização da liberdade.

Objetivo Geral

OBJETIVO GERAL:

Realizar a crítica ontológica da organização de luta dos trabalhadores das empresas-aplicativo no contexto de fetichização da liberdade como fenômeno ideológico.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Caracterizar as organizações de luta de trabalhadores das empresas-aplicativo de transporte privado de passageiros a partir das experiências brasileiras e latino-americanas;

- Identificar os conteúdos que emergem a partir da organização da luta dos trabalhadores dessas organizações;

- Analisar os conteúdos identificados e sua relação com a fetichização da liberdade como fenômeno ideológico.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CLOVIS ASPIR JUNIOR122/04/201922/04/2020

Página gerada em 14/11/2019 07:05:28 (consulta levou 0.075480s)