Nome do Projeto
ANÁLISE ESPAÇO-TEMPORAL DE RISCO NO AGRONEGÓCIO A PARTIR DA INTEGRAÇÃO DE DADOS DE SATÉLITE E SUPERFÍCIE
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
01/09/2016 - 01/09/2020
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Resumo
Sistemas de monitoramento agrícola destinam-se a assistir tomadores de decisão por meio da geração de informações científicas e independentes sobre a ocorrência de anomalias climáticas. Tais sistemas demandam alta densidade espacial e temporal de dados relacionados às condições de desenvolvimento das culturas na superfície. Como a densidade espacial de dados ofertada não é suficiente, as políticas brasileiras de gestão de risco climático não evoluem em função da impossibilidade de contar com sistemas de monitoramento eficazes. Do ponto de vista metodológico, o entendimento dos processos solo-planta-atmosfera, sob a perspectiva do sensoriamento remoto do funcionamento da biosfera (Hall et. all, 1995), fundamenta a elaboração de estratégias para estimativa de variáveis agrometeorológicas em alta densidade espaço-temporal (Bastiaanssen, 2000; Bastiaanssen et al., 1998a,b; Jacob et al.,2002). O sinergismo entre dados meteorológicos e de satélite reconhecidamente se dá pelo fato de que dados meteorológicos de superfície são temporalmente densos enquanto dados de imagens de satélite são espacialmente densos. Nesse estudo, o objetivo geral será o de utilizar modelos de integração de dados de satélite com variáveis meteorológicas de superfície e demonstrar o aumento da capacidade de desagregar espacialmente a ocorrências de anomalias climáticas.

Objetivo Geral

o objetivo geral será o de utilizar modelos de integração de dados de satélite com variáveis meteorológicas de superfície e demonstrar o aumento da capacidade de desagregar espacialmente a ocorrências de anomalias climáticas.

Justificativa

Das fontes usuais de produção de informação antecipada para o gerenciamento de riscos, percebe-se que há restrições quanto à limitação espacial e ao custo operacional na aquisição dessa informação. Percebe-se também a carência de um sistema que seja capaz de integrar as informações provenientes de diferentes fontes. Por exemplo, os sistemas de monitoramento europeu Monitoring Agricultural Resources (MARS) Unit (MARS) e americano Risk Management Angency (United State Department of Agriculture -USDA) avançaram bastante na produção de informação antecipada sobre o desempenho da safra. Esse avanço se deu por meio de estimativas baseadas na análise conjunta de dados de campo, de estações meteorológicas e de satélite.

Metodologia

Serão avaliados dois problemas específicos definidos pela hipótese de que a fração de umidade disponível às culturas (Ud) (Zhao et. al., 2010) e o acumulo térmico avaliado em graus-dia (Gordon and Bootsma, 1993) podem ser estimados com maior detalhe espacial por meio da integração de dados de satélite e dados de estações de superfície (Hengl et. al., 2011). Para verificar a operacionalidade do método, a estimativa dessas duas variáveis será avaliada no processo de gestão de informações de campo pela cooperativa agrícola Cotrijal e Fundação ABC, parceiros na execução do projeto.

Indicadores e Metas

Os indicadores de serão baseados na produção de artigos científicos. Alguns artigos já se encontram e fase final de redação para submissão a periódicos internacionais. Parte dos resultados já foram publicados simpósios.

Resultados Esperados

Os resultados serão baseados no exercício de avaliar os resultados do projeto mediante os seguintes critérios:
(i) significância da melhoria na desagregação espacial das eventuais anomalias climáticas detectadas pelo método desenvolvido no projeto;
(ii) nível de impacto sobre o desempenho das operações de campo:
(iii) nível de assimilação das informações nas decisões estratégicas e
(iv) indicação da criação de demandas internas a partir da disponibilidade das informações que resultarão da execução do projeto e
(v) formação de profissionais (estagiários do projeto) especialistas em métodos científicos de assimilação de dados de satélite.

Indicadores, Metas e Resultados

Os indicadores de serão baseados na produção de artigos científicos. Alguns artigos já se encontram e fase final de redação para submissão a periódicos internacionais. Parte dos resultados já foram publicados simpósios. Os resultados serão baseados no exercício de avaliar os resultados do projeto mediante os seguintes critérios:
(i) significância da melhoria na desagregação espacial das eventuais anomalias climáticas detectadas pelo método desenvolvido no projeto;
(ii) nível de impacto sobre o desempenho das operações de campo:
(iii) nível de assimilação das informações nas decisões estratégicas e
(iv) indicação da criação de demandas internas a partir da disponibilidade das informações que resultarão da execução do projeto e
(v) formação de profissionais (estagiários do projeto) especialistas em métodos científicos de assimilação de dados de satélite.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCISCO MAZZAROLO SEGER
GEAN NASCIMENTO ROCHA
ROBERTO MATTES HORN
ROGERIO COSTA CAMPOS24

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
COTRIJAL / Cooperativa Agrícola Companhia LTDA.R$ 5.160,00Fundação Delfim Mendes da Silveira
Fundação ABC / Fundação ABCR$ 4.730,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
Captação via fundaçãoR$ 3.217,00Fundação Delfim Mendes da Silveira

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
BolsasR$ 12.000,00
Despesa administrativa da fundação de apoioR$ 692,30
Outros serviçosR$ 414,70

Página gerada em 19/05/2024 15:18:09 (consulta levou 0.124890s)