Nome do Projeto
GEEP: Grupo de estudos em enfermidades parasitárias
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
14/08/2018 - 13/08/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Saúde / Meio ambiente
Linha de Extensão
Desenvolvimento regional
Resumo
As doenças parasitárias constituem-se num dos principais fatores limitantes à produção dos sistemas pecuários do Brasil mas são ainda assim, em grande parte do país, negligenciadas. Também assumem importância nos animais de companhia pelo seu potencial zoonótico e presença cada vez mais constante dos pequenos animais no seio familiar. As técnicas auxiliares de diagnóstico na área de Medicina Veterinária são um dos pilares fundamentais no diagnóstico de diversas enfermidades, mais ainda na tomada de decisão quanto ao rumo que devem tomar os programas de profilaxia e controle dos agentes envolvidos. O presente projeto tem por objetivo estabelecer uma rotina laboratorial no Grupo de estudos em enfermidades parasitárias (GEEP), de diagnóstico parasitológico em grandes e pequenos animais, visando auxílio gratuito a veterinários e produtores da região de abrangência da Faculdade de Veterinária da UFPel. A rotina laboratorial de diagnósticos parasitológicos do GEEP será implantada num dos setores do Laboratório de Doenças Parasitárias da Faculdade de Veterinária da UFPel. As técnicas utilizadas serão conforme descrição de Hoffmann (1987) tal como segue: a) Coprológicas: "Willis-Mollay", "Sheater", "Faust", "Sedimentação Simples", "Dennis, Stone e Swanson", "Ritchie", "Baermann", "Graham", "Gordon e Whitlock", "Stoll", "Quatro Tamises" e "Roberts e O'Sullivan"; b) Urina: "Direto", "Sedimentação simples" e "Centrifugação"; c) Ectoparasitos: "Conservação , etiquetagem e identificação de artrópodos" e "Biocarrapaticidograma"; d) Sangue: "Hematócrito" e "Esfregaço". A coleta e remessa de material poderá ser realizada por membros da equipe do GEEP ou diretamente por Médicos Veterinários ou proprietários (devidamente instruídos). Os resultados serão enviados aos responsáveis pela remessa das amostras ao laboratório. A meta do projeto é a prestação de serviço laboratorial de forma a atender de forma gratuita a comunidade local, colaborando com veterinários e produtores da zona de abrangência da Faculdade de Veterinária da UFPel e contribuindo com o desenvolvimento territorial da referida região.

Objetivo Geral

Estabelecer uma rotina laboratorial no Grupo de estudos em enfermidades parasitárias (GEEP), de diagnóstico parasitológico em grandes e pequenos animais, visando auxílio gratuito a veterinários e produtores da região de abrangência da Faculdade de Veterinária da UFPel.

Justificativa

As técnicas auxiliares de diagnóstico na área de Medicina Veterinária são um dos pilares fundamentais no
diagnóstico de diversas enfermidades, mais ainda na tomada de decisão quanto ao rumo que devem tomar
os programas de profilaxia e controle dos agentes envolvidos. Como exemplo, estudos recentes em
Doenças Parasitárias preconizam o uso de tratamentos seletivos em rebanhos de produção, e para isso, devem-se identificar os indivíduos mais infectados, através de determinação de ponto de corte nas técnicas diagnósticas, para somente então, tratá-los. Ao contrário, nos animais de companhia, qualquer indivíduo positivo deve ser evermifugado. A tomada de decisão, portanto, deve ser acompanhada por pessoal capacitado já que depende de diagnóstico adequado e estabelecimento de medidas de controle aplicáveis a realidade de cada situação.

Metodologia

A rotina laboratorial de diagnósticos parasitológicos do GEEP será implantada num dos setores do Laboratório de Doenças Parasitárias da Faculdade de Veterinária da UFPel. As técnicas utilizadas serão
conforme descrição de Hoffmann (1987) tal como segue: a) Coprológicas: "Willis-Mollay", "Sheater", "Faust", "Sedimentação Simples", "Dennis, Stone e Swanson", "Ritchie", "Baermann", "Graham", "Gordon e Whitlock", "Stoll", "Quatro Tamises" e "Roberts e O'Sullivan"; b) Urina: "Direto", "Sedimentação simples" e "Centrifugação"; c) Ectoparasitos: "Conservação , etiquetagem e identificação de artrópodos" e "Biocarrapaticidograma"; d) Sangue: "Hematócrito" e "Esfregaço". A coleta e remessa de material poderá ser realizada por membros da equipe do GEEP ou diretamente por Médicos Veterinários ou proprietários (devidamente instruídos). Os resultados serão enviados aos responsáveis pela remessa das amostras ao laboratório.

Indicadores, Metas e Resultados

A meta do projeto é a prestação de serviço laboratorial de forma a atender de forma gratuita a comunidade local, colaborando com veterinários e produtores da zona de abrangência da Faculdade de Veterinária da UFPel e contribuindo com o desenvolvimento territorial da referida região.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALICE MUELLER
ALINE BIANCA BERVIAN
DIEGO MOSCARELLI PINTO3
FELIPE GERALDO PAPPEN4
FRANCINE SIEGERT
GABRIELA GARCIA FUENTES
JOAO LUIS TROJAN CAMASSOLA
JULIA SOMAVILLA LIGNON
MAYSA SEIBERT DE LEAO
NATÁLIA SOARES MARTINS
TAINÁ ANÇA EVARISTO MENDES CARDOSO
TATIANA DE AVILA ANTUNES
THAIS ROSA DA ROSA
THAISSA GOMES PELLEGRIN

Página gerada em 21/10/2019 05:00:18 (consulta levou 0.140064s)