Nome do Projeto
UFPEL MEETING OF STYLES - BETWEEN THE LINES
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
20/08/2018 - 21/12/2018
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Cultura / Educação
Linha de Extensão
Artes visuais
Resumo
O projeto Meeting of Styles trata-se de intercâmbio, expressão da arte e troca de experiências de grafiteiros de todo mundo. O projeto acontece desde 2002, e percorre a média de 20 países por ano, chegando ao Brasil na cidade do Rio de Janeiro em 2006, São Paulo em 2008, Porto Alegre em 2014, Rio Grande em 2015 e em 2016 acontece exclusivamente no Rio Grande do Sul em solo brasileiro.

Objetivo Geral

Objetivo Geral
O Projeto tem como objetivo criar um ambiente de articulação, intercâmbio, informação, diálogo e expressão artística urbana, dando visibilidade à cidade de esta cidade como cenário propício para receber uma edição do maior evento internacional de arte urbana, contribuindo assim para a continuidade à fomentação cultural, à incitação de discussões e conscientização social da importância da preservação do ambiente, sustentabilidade e o respeito à diversidade cultural. Ampliando a rede de artistas e também a base de público para a arte.

Objetivos Específicos
Trazer para esta cidade a edição do maior encontro mundial de graffiti, intitulado Meeting of Styles. Receber cerca de 50 artistas, entre nacionais e internacionais. Criação de um painel coletivo, que demonstre a diversidade artística do graffiti. Reforçar uma cultura de solidariedade entre os protagonistas. Buscar a integração entre os elementos da cultura Hip Hop. Propor o debate e a troca de ideias entre os artistas, expectadores e participantes sobre a construção cidadã de uma arte urbana em essência. Construir uma metodologia de trabalho que possa contribuir para o melhor destaque da cidade de esta cidade como sede de eventos internacionais. Trabalhar o graffiti em todos os seus gêneros.

Em síntese:
1. Qualificar o espaço, terreno ao lado do Núcleo de Transporte, para construção de uma praça de convivência: Praça Universitária do Porto;
2. Integrar a UFPEL com a comunidade;
3. Proporcionar ações artísticas culturais na zona do Porto;
4. Formar público para a arte urbana, em específico para a arte do grafite.

Justificativa

Incentivar a arte urbana - street art - no seu contexto de apreciação, os grandes murais temáticos em locais de grande acesso de público, ao invés de simplesmente enquadrá-la em uma instituição ou galeria, é um exercício que procura restabelecer um diálogo entre os códigos estéticos originais da rua e o artista do graffiti. A arte urbana é a "estética do agora" nas ruas das principais metrópoles do mundo. Graffiti, Stencil, poster, adesivo, colagens e toyart estão entre os estilos de arte urbana que se desdobram e pincelam com originalidade e beleza a cidade. A comunicação é o fator preponderante, a relação cultura/território se torna menos significativa, pois esta passa a ser pensada além dos territórios demarcados, a nossa casa passa a ter importância na manutenção da saúde do planeta. A ação da arte, a transformação cultural, a ação social é dentro desta ótica que propomos a troca de experiências entre os 06 artistas participantes, e além da troca, a criação coletiva. A criação que é um processo que envolve a totalidade da pessoa, as emoções, a ética e a atuação do individuo. A aplicação não só de conhecimento, mas de valores.

Metodologia

Prevê a recepção, integração, alojamento, alimentação e deslocamento interno dos artistas internacionais e nacionais, mural coletivo e interação de outros elementos da cultura de rua (Hip Hop, Tattoo, skate), podendo ser inserido manifestações locais. A realização do encontro é da A.M.E Produções e a curadoria de Lucas Stuczynski.

No primeiro dia será realizada uma festa aberta ao público, com entrada gratuita e de muita exposição pública, será anunciado 04 semanas antes do evento. Para finalização será realizado o lançamento do mural e um jantar com as autoridades e artistas.

Dentro do espirito do projeto, visamos fixar a identidade da juventude, principalmente a juventude que atua com as realizações discutidas e gestadas na rua, validando o espaço publica como palco de transformação e atuação social. Com foco principal no desenvolvimento perceptivo em torno do individual e do coletivo, suas implicações sócio políticas e culturais tentamos conscientizar o jovem de si e do mundo e do mundo em si.

Indicadores, Metas e Resultados

1. Termo de Cooperação Interinstitucional com a Produtora do evento;
2. Qualificação do espaço para atividades de formação e ações artísticas cilturais;
3. adesão da comunidade;
4. promoção da arte urbana.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
FRANCISCA FERREIRA MICHELON2
JOAO FERNANDO IGANSI NUNES2
JOÃO EDUARDO KEIBER
KAUÊ DE CARVALHO XAVIER
LARISSA DE CARVALHO RAULINO
LUCAS STUCZYNSKY DA SILVA
LUIS GUSTAVO DE PINHO AMARAL
MATHEUS BLAAS BASTOS1
SARAH AGUIAR MARCAL
SILVANA DE FATIMA BOJANOSKI1

Página gerada em 19/07/2019 20:09:24 (consulta levou 0.101181s)