Nome do Projeto
SIMULTANEIDADES AFETIVAS EM OFICINAS CERÂMICAS: COMPARTILHANDO SABERES NA CONSTRUÇÃO DE UM AMBIENTE EDUCATIVO
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
26/09/2018 - 18/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Multidisciplinar
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Cultura
Linha de Extensão
Artes integradas
Resumo
Este projeto reunirá na forma de encontros semanais, diversas oficinas de cerâmica em caráter transdisciplinar envolvendo conhecimentos de diversas áreas que se tangenciam entre si, acontecendo de forma simultânea a outras atividades de mesmo caráter em um mesmo ambiente educativo, podendo ser dentro ou fora dos espaços da UFPel, unindo outras iniciativas culturais e instituições de ensino. Propõe-se a atender as necessidades de aprendizagem e compartilhamento de ambiente apropriado à prática cerâmica, envolvendo alunos, funcionários, professores e comunidade na troca de saberes e afetos.

Objetivo Geral

O objetivo deste projeto é compartilhar e oportunizar aos participantes espaços para experiências criativas transdisciplinares, tangenciadas pelas práticas cerâmicas, capacitando-os criativamente para atender seus próprios desejos. Essas ações têm como fundamento o cruzamento entre o uso dos referentes de vários campos do saber e de processos criativos que estimulem práticas artísticas de cunho transdisciplinar. Essas práticas se desenvolverão no acontecimento da presença, do encontro direto entre todos os participantes interessados na reinvenção do cotidiano de forma a dotá-los das experiências necessárias que os levem a uma gestão mais plena de seus quereres.

Justificativa

Apresentamos este projeto para atender a demanda da comunidade e pela necessidade em propor outros ambientes educativos para prática cerâmica, a partir do contexto universitário, envolvendo o público usuário do Ateliê de Cerâmica/CA/UFPel, tanto acadêmicos como pessoas da comunidade local.
Justifica-se, diante da necessidade de formação de um pensamento responsável e sustentável que possibilite o convívio coletivo em espaços compartilhados que exigem dos usuários a construção de um laboratório experimental que transite pelos usos da linguagem cerâmica, ativando processos criativos transdisciplinares e simultâneos que permitam uma capacitação por meio de experiências vivenciadas no local e de desejos colocados e gerados no convívio durante os encontros.
O entendimento dessa capacitação traz consigo mais do que demonstrar os passos a um saber específico, propõe uma forma de pensar de maneira complexa, de como esses meios facilitadores podem contribuir em processos criativos compartilhados, na porosidade da formação subjetiva do público envolvido no projeto.

Metodologia

A Metodologia está estruturada a partir de táticas criativas de forma a ativar a colaboração mútua por meio de um processo criativo-pedagógico baseado no princípio do saber que a experiência produz e do estar juntos em espaços intensificados pela convivência. Portanto, será baseada em práticas transdisciplinares fundadas no convívio, na simultaneidade afetiva e na instauração de plataformas de saberes compartilhados.
A investigação, a educação e a ação social convertem-se em momentos metodológicos de um único processo dirigido a ampliação de saberes e a mudança de perspectivas politicas e culturais.

Indicadores, Metas e Resultados

É fato que a atual metodologia de ensino encontra-se em crise e os ambientes educativos não são condizentes com as necessidades atuais, desta forma, compreende-se que a busca por possíveis soluções passa pela articulação de uma série de demandas, desde a formação e capacitação técnica, como a dinamização e a valorização da vida no coletivo, como na geração de renda. Essas necessidades conjunturais podem ser reorientadas por meio do entendimento de que a formação dos participantes esteja em consonância com paradigmas de vivenciar e conhecer o mundo a partir de práticas pós-disciplinares. Essas práticas procuram ser colaborativas, pois a formação do sujeito ativo e criativo exige habilidades híbridas que transitam entre o desejo pessoal de construir ficções possíveis de serem vivenciadas em tempo real, a partir de comunidades experimentais formadas em função de necessidades existenciais diretas, em contextos de saberes específicos.
Neste processo de alteridade criativa radical se estabelecem relações múltiplas e instáveis, conflituosas e afetivas, o que requer dos participantes deste processo de consolidação a capacidade de ativar negociações, estabelecer diálogos, estar aberto a não apenas respeitar as diferenças, mas principalmente deixar-se contaminar durante a construção da experiência. Neste momento, o convívio criativo, pautado no saber perceber, escutar, pensar, falar, se posicionar e materializar a proposta no espaço da coletividade passa a ser o diferencial que nos lança a outras possibilidades de modelizar a vida a partir de outro panorama existencial.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ABIMAEL MARTINS DOS SANTOS
ANA LUIZA FERNANDES FERREIRA
ANA LUÍSA PANARELLI COSTA
ANDRINE TEIXEIRA GARCIA
ANDRÉA SILVA DA SILVEIRA
ANGELA RAFFIN POHLMANN3
ANGÉLICA TEIXEIRA DE SOUZA
BERENICE KNUTH BAILFUS
BIBIANA DE AZAMBUJA SILVEIRA
BRUNO BAIRON SCHUCH
CARLA IVONNE ESPÓSITO BOADA
CARLA SILVA ARAÚJO
CIBELE SUSANA ETCHEVERRIA ILORETO
CLEUSA DO NASCIMENTO FERREIRA
CLEUSA MARFIZA GUIMARAES JACCOTTET
CRISTIANE FONSECA RODRIGUES
CRISTIANE RODRIGUES DE RODRIGUES
DALVA MARIA OLIVEIRA LOPES
DEISY JAQUES RIBEIRO
EDUARDA LENZI LOPES
FRANCHESCA PREMERLI DIAS
FRANCISCO FERRARI MAXIMILA
GABRIEL ERCKMAM BATISTA
GABRIEL PORCIUNCULA CORREA
GIANNA DELABARY VIEIRA ALVES
GIANNA DELABARY VIEIRA ALVES
HELENA OTTO DA SILVA
HUMBERTO LEVY DE SOUZA
JAMES SCHWANTZ DUARTE
JEFERSON EVERTON GOUVÊA MIRANDA
JOÃO HENRIQUE DUARTE
JULIO CESAR DAMERO CASARIN
LEONARDO GALLI
LISLEY LEÃO DE JESUS
LUANA REIS SILVINO
LUIZ HENRIQUE CANIBAL DE ANDRADE LEÃO
LUZILANE ALVES BEZERRA
MAGDA FLORIANA DAMIANI
MARCELO FELIPETI JÚNIOR
MARCIA DE SOUSA MARQUES
MARGIE OTT PORTO
MARIA DAS GRAÇAS MOTA GULARTE
MARIA DE FATIMA JOAO MARQUES
MARIA DE FÁTIMA NASCIMENTO URRUTH
MARIA ELISABETE KLAUS CORRÊA
MARIA INÊS RODRIGUES ALVES
MARIA ROSANE DA CRUZ COSTA
MARIALICE ARAUJO SOARES DE BARROS
MAURO TEIXEIRA LEMOS NUNES
MAURÍCIO RAFAEL BRISOLARA CRUZ
MAURÍCIO RAFAEL BRISOLARA CRUZ
MIGUEL MONTEIRO GALLO
Maria Clara Leiria dos Santos
NILSON EDEGAR ANTUNES DA SILVA
PATRICIA VARGAS ZILLIG
PAULA WIENER REISSER
PAULO RENATO VIEGAS DAME17
PAULO SERGIO SILVA DA SILVA
PEDRO ELIAS PARENTE DA SILVEIRA
PEDRO ELIAS PARENTE DA SILVEIRA
Pablo Rosa Mendes
RAQUEL SARUBBI TRINDADE
REGINALDO DA NOBREGA TAVARES43
RITA DE CASSIA MEDEIROS RICKES
ROBERTA DOS SANTOS VIEIRA
RODRIGO ALONSO FARIAS
SARAH LEÃO LOPES
SERGIO OTTO DA SILVA
SÔNIA TERESINHA GRANDE GAMINO
TATIANA DA SILVA PUREZA
TAÍS BELTRAME DOS SANTOS
THAYANE MARIANO DE SOUZA
VANICE SILVA ACOSTA
VANICE VALIM GARCIA
VANIZA BUENO SILVEIRA
VANUSA TEIXEIRA LEMOS
VINÍCIUS COLATTO ROSSO
WESLEY REINOSO

Página gerada em 28/02/2024 17:23:19 (consulta levou 0.202948s)