Nome do Projeto
III Simpósio Pós-Estruturalismo e Teoria Social: Populismos e Democracias
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
01/05/2019 - 23/12/2019
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Educação / Educação
Linha de Extensão
Divulgação científica e tecnológica
Resumo
O “III Simpósio Pós-Estruturalismo e Teoria Social” é um evento internacional organizado pelo Grupo de Pesquisa Ideologia e Análise de Discurso e pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Política do Instituto de Filosofia, Sociologia e Política, da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil. Organizado a partir de conferências, mesas redondas e grupos de trabalho, o objetivo do Simpósio é reunir pesquisadores para discussões em torno da teoria do discurso do filósofo político argentino, Ernesto Laclau, numa perspectiva transdisciplinar. Esta terceira edição é motivada tendo em vista o sucesso das duas anteriores, realizadas em 2015 e em 2017.

Objetivo Geral

O evento, em sua terceira edição, será uma nova oportunidade para encontros e debates entre reconhecidos profissionais deste campo de pesquisa e de estudantes de graduação e de pós-graduação que vêm estudando, de forma transdisciplinar, o debate pós- estruturalista mais geral. Será possível construir redes de pesquisa e fortalecer aquelas já iniciadas nas edições do evento, e que foram se reforçando em atividades eventuais, ou sistemáticas, no campo de pesquisa. Ao mesmo tempo, busca-se fortalecer a temática como linha de pesquisa nos programas de pós-graduação organizadores do simpósio, bem como fortalecer ainda mais o referido grupo de pesquisa em análise de discurso. Nesta terceira edição, haverá um esforço suplementar para atrair pesquisadores não somente da América do Sul, mas também de países europeus e da América do Norte, o que certamente aumentará significativamente as trocas de experiências de pesquisa entre os profissionais e os estudantes que participarem do Simpósio.

Justificativa

O evento contará com a presença de pesquisadores, brasileiros e estrangeiros, de diversas áreas das ciências humanas e sociais e em fases distintas de formação, o que inclui desde graduandos até doutores. São esperados, tendo em vista o interesse que a temática geral do Simpósio exerce, além da proximidade geográfica de Pelotas, pesquisadores e estudantes da América do Sul, mas também de países da Europa e da América do Norte. O evento busca despertar o interesse de alunos de graduação e de pós-graduação da UFPel de diversas áreas, bem como de outras instituições de ensino, mas também de profissionais que trabalham com a temática a ser abordada.
A principal contribuição do Simpósio Pós-Estrutiralismo e Teoria Social é a reunião de pesquisadores, professores, alunos de graduação e de pós-graduação de diversos estados brasileiros e de países do Cone Sul (tais como Argentina, Colômbia e Uruguai) para discussão e trocas de experiências de pesquisa acerca das diversas abordagens teóricas pós-estruturalistas, numa perspectiva transdisciplinar. Da mesma forma, são importantes as redes de pesquisa criadas e fortalecidas a partir das duas edições anteriores do evento e que, espera-se, se consolidem com esta terceira edição. Ressalte-se que este evento é único no Brasil, ocupando um espaço inédito e necessário para pesquisas no campo do pós-estruturalismo, o qual já tem espaços consolidados em outros países.

Metodologia

O Simpósio está organizado em torno das seguintes atividades: Grupos de Trabalho, Mesas Redondas e Conferências.
Serão 08 (oito) Grupos de Trabalho, onde serão apresentados cerca de 110 trabalhos.
Serão 04 (quatro) Mesas Redondas, com a participação de 12 professores pesquisadores.
Serão 02 (duas) Conferências, proferidas por dois professores pesquisadores.

Indicadores, Metas e Resultados

Conta-se com os seguintes resultados esperados e metas:
- Participação como ouvintes de interessados na temática do Simpósio;
- Participação em torno de 40 professores, 40 discentes de graduação e 80 discentes de pós-graduação de diversas instituições do Brasil e do Exterior;
- Apresentação de 110 papers nos Grupos de Trabalho;
- Anais eletrônicos a serem publicados no site do Evento com os papers enviados;
- Publicação de livros com as contribuições dos conferencistas e participantes das Mesas Redondas, e possivelmente a edição de periódico científico com a contribuição de trabalhos selecionados nos GTs.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AGNES BEZERRA MENDES
AMANDA ALBUQUERQUE PERES
BIANCA DE FREITAS LINHARES5
CAROLINA COSTA DOS SANTOS
DANIEL DE MENDONCA5
FELIPE CORRAL DE FREITAS
LETICIA BARON
LUCAS GARCIA DA SILVA
LUÍS GUSTAVO TEIXEIRA DA SILVA
NATÁLIA DE AZEVEDO PEREIRA
SANDRA REGINA BARBOSA PARZIANELLO
SIMONE MUNIZ PUYO

Fontes Financiadoras

Sigla / NomeValorAdministrador
CNPq / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e TecnológicoR$ 15.000,00Coordenador
CAPES / Coordenação de Aperfeiçoamento de Nível SuperiorR$ 28.368,00Coordenador

Recursos Arrecadados

FonteValorAdministrador
InscriçõesR$ 5.000,00UGR

Plano de Aplicação de Despesas

DescriçãoValor
Material de expedienteR$ 500,00
Outros serviçosR$ 9.500,00
Passagens e despesas com locomoçãoR$ 20.000,00
Despesas com diáriasR$ 13.368,00
Equipamentos e material permanente (móveis, máquinas, livros, aparelhos etc.)R$ 5.000,00

Página gerada em 22/09/2021 02:11:07 (consulta levou 0.976194s)