Nome do Projeto
Uso Consciente e Otimizado da Água
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
10/10/2019 - 08/10/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Eixo Temático (Principal - Afim)
Meio ambiente / Tecnologia e Produção
Linha de Extensão
Recursos hídricos
Resumo
O projeto “Uso Consciente e Otimizado da Água” se trata do desenvolvimento de uma ferramenta de uso sustentável no âmbito dos recursos hídricos. Tendo como objetivo a prestação de serviços de consultoria em propriedades rurais, urbanas e industriais, visando: a redução ou otimização do consumo de água; projetos de reúso ou reciclagem de águas, e; sistemas de captação e aproveitamento de águas pluviais. Justifica-se pela crescente preocupação quanto a utilização dos recursos naturais, em especial da água. Tal zelo expressa-se, inclusive, no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 6 (ODS nº6) da ONU (2015). Nesse sentido, a metodologia proposta compreende: o contato com os proprietários, ou responsáveis, pelos empreendimentos; a visita às propriedades para coletar dados; a projeção e implementação de um sistema que atenda às necessidades do público alvo; o monitoramento do sistema, elaboração de relatórios técnicos e divulgação dos resultados. Por fim, espera-se atender, em dois anos de projeto, 12 empreendimentos. Além de reduzir custos do público alvo, o projeto visa aproximar os alunos da SEA Soluções em Engenharia Hídrica à prática profissional, e trazer representatividade às atribuições do engenheiro hídrico, e demais áreas do conhecimento envolvidas.

Objetivo Geral

Realizar atividades de consultoria nas propriedades do público alvo, viabilizando por meio de avaliação técnica a sugestão de medidas redutoras do consumo de água.
Proporcionar aos graduandos em Engenharia Hídrica, demais membros da SEA Soluções em Engenharia Hídrica, proprietários residenciais, rurais e industriais de Pelotas e região a conscientização sobre a importância da utilização consciente e otimizada da água, com a redução do uso da água e respectivos custos.

Justificativa

Na medida em que a civilização aumenta, cresce também a demanda por recursos naturais. Sendo a água o recurso de maior importância para o desenvolvimento da humanidade. Presente direta ou indiretamente nas diversas atividades humanas (REBOUÇAS, 2001).
Sabendo-se que apenas 2,75% de toda a água do planeta é doce, e desse percentual aproximadamente 68,5% encontra-se em estado sólido nos polos e montanhas, cerca de 30% flui em reservas subterrâneas, e somente 1,5% constituem rios, lagos e lençóis freáticos (BRASIL, 2008). Fica evidente a importância do uso eficiente desse recurso comum a todos.
Surge, então, como alternativa à utilização excessiva: a conscientização sobre o uso de água, e adoção de medidas redutoras; o reúso das águas; e o aproveitamento de águas pluviais.
As ações de conscientização quanto ao uso da água têm um papel fundamental na responsabilização sobre esse recurso e na mudança de posicionamento da sociedade. De forma que a adoção de medidas que redutoras ou de otimização da utilização de água se tornam consequência dessas ações.
De acordo com Lavrador (1987), o reúso de água é caracterizado pelo aproveitamento de águas previamente utilizadas em alguma atividade humana, para suprir a necessidade de outros usos. Sendo assim, se torna imprescindível ao manejo eficiente dos recursos hídricos, e a consolidação de uma Produção Mais Limpa.
O aproveitamento de águas pluviais é uma forma de suprir total, ou parcialmente, a demanda de água de uma residência, indústria ou atividade agrícola (FERREIRA, 2005). É, portanto, uma alternativa para empreendimentos que utilizam esse recurso natural em grandes volumes. E apresenta potencial de redução do consumo de água advindo das concessionárias e de estações de tratamento de águas das indústrias.
Nesse sentido, o projeto atende ao ODS nº 6: “Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos”. Mais especificamente, no parágrafo 6.4: “Até 2030, aumentar substancialmente a eficiência do uso da água em todos os setores e assegurar retiradas sustentáveis e o abastecimento de água doce para enfrentar a escassez de água, e reduzir substancialmente o número de pessoas que sofrem com a escassez de água” (ONU, 2015).
A realização deste projeto culmina em ganhos ambientais e socioeconômicos para a comunidade em geral. Além disso, será de grande importância na construção do conhecimento técnico dos alunos de graduação envolvidos nas atividades da empresa júnior SEA Soluções em Engenharia Hídrica.

Metodologia

A metodologia compreende 7 etapas:
1. Realizar contato com os proprietários, ou responsáveis, de imóveis rurais, urbanos e industriais, para oferecer soluções para a otimização do uso de água.
2. Visitar os imóveis rurais, urbanos e industriais para coletar dados necessários ao planejamento e execução das medidas adotadas à otimização do uso de água.
3. Com base nos dados projetar:
- Melhoria nos sistemas já existentes de captação e distribuição de água;
- Mudanças nos usos da água em processos industriais, para reduzir o consumo;
- Sistemas de reúso e/ou reciclagem de água;
- Sistemas de aproveitamento de águas pluviais;
De acordo com as necessidades de cada empreendimento.
4. Implementação dos sistemas projetados.
5. Monitorar o funcionamento do sistema nas diferentes estações do ano.
6. Escrever um relatório com os resultados obtidos com a adoção das medidas propostas, contendo dados de eficiência dos sistemas; redução da tomada de água tratada, de corpos hídricos ou poços; redução de custos do público alvo.
7. Divulgação dos dados em eventos acadêmicos, eventos da empresa júnior SEA Soluções em Engenharia Hídrica, congressos, jornal impresso e digital, e redes sociais.

Indicadores, Metas e Resultados

A meta desse projeto é prestar consultoria a pelo menos 12 empreendimentos (rurais, urbanos ou industriais), ao fim dos dois anos de atuação.
O resultados esperados são:
Aproximação dos alunos da Universidade Federal de Pelotas com a comunidade em geral e proprietários rurais e industriais.
Proporcionar o conhecimento prático sobre sistemas de aproveitamento de águas pluviais e reúso de água aos alunos envolvidos.
Proporcionar a redução do consumo de água fornecido pelo serviço de distribuição municipal, e a redução dos custos associados à produção rural e industrial.
Realizar o acompanhamento às propriedades e/ou empreendimentos para a determinação da eficácia das medidas utilizadas na redução do consumo hídrico.
Trazer representatividade profissional frente ao mercado de trabalho, no que tange às atribuições do engenheiro hídrico, e demais profissionais envolvidos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANDREZA ALEGRE BITTENCURT
CAROLINA FOLLMER
DANIELLE DE ALMEIDA BRESSIANI3
EDUARDO TAVARES DA SILVA
EMILLY DE SOUZA ALSINA
MARIANA MÜHLENBERG SOARES
MARILIA DE OLIVEIRA FELTEN
MICHELLE FAUCON MAGALHAES ONTIVERO
NAIANA VARGAS MORAES
RAFAELA MICHELOTTI PEREIRA
TAYLOR CAVALHEIRO PALÁCIOS
VITOR FERREIRA CASSER

Página gerada em 02/07/2022 01:55:25 (consulta levou 0.294416s)