Nome do Projeto
VETCOR- PESQUISA EM CARDIOLOGIA VETERINÁRIA
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
29/01/2020 - 29/01/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
Alterações cardíacas impactam significativamente na vida dos animais, seja através de sintomas específicos como desregulação da frequência cardíaca e incorreta perfusão sanguínea aos tecidos, ou através de sintomas inespecíficos com cansaço, sonolência e alterações em outros sistemas do organismo. As alterações cardíacas podem ser de ordem anatômica ou fisiológica, podendo ser afetado o funcionamento mecânico do órgão ou sua regulação elétrica. Temos como causa doenças hereditárias, intoxicações, infecções, traumas e imuno-mediadas. A cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) é uma patologia que consiste na substituição de células musculares do miocárdio por um tecido fibroadiposo. É uma doença de caráter hereditário, de desenvolvimento lento e com os sinais clínicos podendo ser iniciados em qualquer idade, sendo mais comum em animais de idade mais avançada, contidos na transição de adultos para idosos (CHAMAS, 2011). A doença possui três graus propostos por PALERMO et al. (2011), sendo o primeiro a forma oculta, quando os animais passam por exames periódicos, porém não apresentam progressão da enfermidade; no segundo grau há a forma evidente da doença com o animal apresentando fraqueza ou síncope; no terceiro grau ocorre a disfunção do miocárdio com manifestação de uma letargia progressiva, hiporexia, tosse e aumento de volume cardíaco. Cães braquicefálicos possuem alterações cardíacas concomitantes e muitas vezes causadas pelas alterações respiratórias descritas na síndrome braquicefálica, evidenciada em animais com essa conformação craniana. Em cães Boxer foi evidenciado através de estudos a presença da cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito, sendo utilizando o eletrocardiograma ambulatorial para a confirmação do diagnóstico (COSTA et al., 2018), além disso, outras raças são citadas pela literatura como predispostas a ocorrência dessa enfermidade, entre elas o Bulldog Inglês (SANTILLI et al., 2009).

Objetivo Geral

Esse trabalho compõe um estudo acerca da atividade elétrica do coração de cães da raça Bulldog Campeiro. Tem-se como objetivo através de animais tidos como hígidos uma padronização dos parâmetros para a raça. Além de visar o diagnóstico de possíveis patologias que cursem com a desregulação desses impulsos elétricos, investigando possíveis relações de animais dessa raça com doenças descritas em outras raças braquicefálicas.

Justificativa

Diversas alterações cardíacas são descritas em animais braquicefálicos, isso podendo ser justificado pela alterações respiratórias comuns a síndrome braquicefálica, que podem causar hipertrofias, dilatações e disritmias cardíacas (MORAIS, 2011). Enfermidades como a cardiomiopatia arritmogênica do ventrículo direito (CAVD) são frequentemente descritas em animais da raça Boxer (CHAMAS, 2011), ainda existindo estudos que relatam essa doença na raça Bulldog Inglês.
Devido a semelhança das raças Bulldog Inglês e Bulldog Campeiro em características morfológicas e fisiológicas, além de uma origem comum (STARLING, 2017), busca-se com esse estudo determinar se ambos podem ser afetados pela CAVD. Para essa enfermidade, o eletrocardiograma é considerado padrão ouro, uma vez que determina de maneira não-invasiva as alterações de ritmo características da doença.
Por avaliar os impulsos elétricos do coração por um curto período, muitas vezes a CAVD pode passar despercebida em um eletrocardiograma e tornar a doença sub-diagnosticada, sendo assim necessário a utilização de um eletrocardiograma ambulatorial (Holter) para o correto diagnóstico da patologia.

Metodologia

Inicialmente é proposto fazer um estudo com 50 animais, sendo escolhidos quantidades igualitárias de machos e fêmeas, além de diferentes faixas etárias afim de determinar possíveis perfis em cada fase de vida do animal. Todos os cães selecionados serão da raça Bulldog Campeiro, oriundos de criadores da região e seguindo as características morfológicas estabelecidas para a raça pela Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC).
Os cães devem ser caracterizados como hígidos para poder participar do estudo, sendo assim, serão realizados exames para determinação do estado geral do animal. Os animais que participarão do estudo serão encaminhados ao Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV-UFPEL) para exame clínico geral, composto por avaliação externa, palpação de linfonodos, avaliação de hidratação através de prega cutânea e tempo de preenchimento capilar (TPC), coloração de mucosas oral e ocular, aferição da temperatura retal, ausculta da frequência cardíaca e respiratória.
Após o exame geral, os animais passarão por um exame clínico específico ao sistema cardiorrespiratório, avaliando a presença de patologias, fazendo uma ausculta da área cardíaca em diferentes pontos para avaliação das válvulas cardíacas. A área pulmonar também será avaliada a procura de crepitações e alterações na passagem do ar.
Uma vez que não sejam encontradas anomalias nos exames clínicos, serão solicitados a seguir exames complementares ao animal, sendo eles hemograma completo, bioquímico sérico (enzimas hepáticas, proteínas totais, albumina, ureia, creatinina, sódio e potássio), radiografia torácica em projeção ventro-dorsal e latero-lateral, e ecocardiograma com Doppler.
Será realizada a coleta de amostras de sangue, sendo destinados 2ml para o exame de hemograma acondicionado em tubo estéril contendo EDTA e 4ml para o exame bioquímico acondicionado em tubo estéril contendo gel catalizador, com coleta através de punção da veia cefálica.
Com os animais aptos a fazer parte do estudo, eles serão novamente trazidos ao HCV para a instalação do eletrocardiograma ambulatorial (Holter), sendo feito uma avaliação completa dos mecanismos elétricos do coração num período de 24 horas. Todos os cães terão os aparelhos fixados no mesmo horário aproximado, cada um em diferentes dias, uma vez que o horário pode ser uma variável devido à mecanismos fisiológicos característicos de cada fase do dia.
O aparelho digital da marca Cardiolight será utilizado para fazer o registro eletrocardiográfico dos pacientes, com gravação das informações em cartão eletromagnético (flash card), sendo realizado uma coleta de dados contínua pelo período de 24 horas através de três canais de ECG nas derivações pré-cordiais modificadas (V1, V3 e V5).

Indicadores, Metas e Resultados

Os Bulldogs Campeiros compõem uma raça brasileira, originaria de animais trazidos por imigrantes europeus e que foram selecionados a fim de auxiliar no pastoreio de gado selvagem, passaram por um seleção quase natural devido ao estilo de trabalho destinado a eles e possuem grande popularidade no sul do país (CBKC, 2019). São animais braquicefálicos, pertencente a família dos Bulldogs, com constituição potente e larga, musculatura proeminente, formato corporal quadrado (CBKC, 2019), se assemelhando em morfofisiológica e em origem aos Bulldogs Ingleses (STARLING, 2017).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CAROLINE CASTAGNARA ALVES
DANIEL FERREIRA RIBEIRO
EDUARDO GONCALVES DA SILVA
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN
FRANCESCA LOPES ZIBETTI
GUILHERME ALBUQUERQUE DE OLIVEIRA CAVALCANTI24
MICHAELA MARQUES ROCHA
PAULA PRISCILA CORREIA COSTA40
THAISSA GOMES PELLEGRIN

Página gerada em 15/06/2021 03:57:41 (consulta levou 0.063053s)