Nome do Projeto
DIAGNÓSTICO DE PARASITOSES GASTRINTESTINAIS EM FELINOS DOMÉSTICOS NA CIDADE DE PELOTAS-RS
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
24/02/2020 - 28/02/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
Os estudos sobre o parasitismo em animais de estimação despertam crescente interesse devido à relação de proximidade existente entre o homem e os animais. O estreitamento do convívio entre estes animais e o homem resulta em maior exposição a agente com potencial zoonótico. Os felinos são reservatórios de diversos parasitos, entre eles os helmintos gastrintestinais, que possuem fundamental importância em saúde pública por parasitarem não somente estes hospedeiros, como também o homem. Este projeto objetiva avaliar a frequência de ocorrência dos principais parasitos gastrintestinais que acometem os gatos domésticos urbanos na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, demonstrar as principais parasitoses que acometem os felinos e identificar os fatores de risco relacionados à possibilidade de transmissão parasitária entre felinos e humanos na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Para tal, um questionário será aplicado ao tutor, com dados acerca do responsavel pelo felino que incluem nome, bairro de residência, número de telefone para posteriores contatos e grau de escolaridade (questão de múltipla escolha dividida em ensino fundamental, médio e superior) e acerca do felino: idade do animal, tipo de alimentação que recebe, se tem acesso ou não à área pública, frequência de administração de anti-helmíntico, se o tutor realiza exames coproparasitológicos do animal, se o paciente já apresentou quadros de diarreia, fezes amolecidas ou vômito, qual é o local de descarte das fezes, além de questionar qual é o produto utilizado para higienização do ambiente e da caixa sanitária de areia. Exames coproparasitológicos destes felinos serão realizados de amostras fecais coletadas por seus responsáveis após instruções e materiais fornecidos pela equipe clínica a fim de avaliar a frequência de agentes parasitários que os felinos são portadores.

Objetivo Geral

Avaliar a frequência de ocorrência dos principais parasitos gastrintestinais que acometem os gatos domésticos urbanos na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul.
Demonstrar as principais parasitoses que acometem os felinos.
Identificar os fatores de risco relacionados à possibilidade de transmissão parasitária entre felinos e humanos na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Justificativa

Os estudos sobre o parasitismo em animais de estimação despertam crescente interesse devido à relação de proximidade existente entre o homem e os animais. Neste sentido, o estreitamento do convívio entre estes animais e o homem resulta em maior exposição a agente com potencial zoonótico. Diversos aspectos epidemiológicos podem influenciar a ocorrência dos parasitos gastrointestinais em felinos domésticos, tais como: as medidas higiênico-sanitárias adotadas pelos cuidadores, o grau de escolaridade dos proprietários, a idade dos animais, o sexo, a raça, o status imunológico do hospedeiro, a condição corporal dos animais, os números de tratamentos antiparasitários realizados. Portanto, um levantamento destes critérios na comunidade local trará informações para entender os riscos envolvidos na transmissão parasitária entre felinos e humanos.

Metodologia

Os tutores de felinos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias, no ambulatório Ceval e em clínicas privadas de Pelotas serão convidados a responder um questionário sobre dados do tutor, tais quais: nome, bairro de residência, número de telefone para posteriores contatos e grau de escolaridade (questão de múltipla escolha dividida em ensino fundamental, médio e superior) e número de telefone para posteriores contatos. Em relação às questões pertinentes aos felinos, constarão questões sobre: idade do animal, tipo de alimentação que recebe, se tem acesso ou não à área pública, frequência de administração de anti-helmíntico, se o tutor realiza exames coproparasitológicos do animal, se o paciente já apresentou quadros de diarreia, fezes amolecidas ou vômito, qual é o local de descarte das fezes, além de questionar qual é o produto utilizado para higienização do ambiente e da caixa sanitária de areia. Os dados serão registrados em planilhas, contabilizados e avaliados por médias das frequências das respostas.
Para avaliar os a frequência de agentes parasitários que os felinos são portadores, exames coproparasitológicos serão realizados de amostras de fezes coletadas espontaneamente pelos responsáveis pelos felinos (serão fornecidos frasco plástico estéril e um par de luvas ao tutor, devidamente identificado, para que o mesmo faça a coleta das fezes do felino em domicílio). A recomendação feita será de acondicionar essa amostra fecal em geladeira até o envio ao laboratório em um prazo máximo de 24 horas. Posteriormente, as amostras fecais serão encaminhadas acondicionadas em recipientes isotérmicos para Laboratório do Grupo de Pesquisas em Enfermidades Parasitárias (GEEP), alocado na Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas.

Indicadores, Metas e Resultados

Após concluída a análise laboratorial, associada ao questionário epidemiológico, obter-se-á um panorama das parasitoses mais frequentes que acometem os felinos na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul. .
Outra abordagem importante do presente estudo é entender e identificar se os tutores estão sendo devidamente orientados pelos Médicos Veterinários em relação à administração de antiparasitários e se os pacientes estão sendo tratados baseado em resultados de exames coproparasitológicos ou empiricamente, o que pode contribuir para a resistência com a terapêutica escolhida.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DIEGO MOSCARELLI PINTO1
EDUARDA SANTOS BIERHALS
KATIELLEN RIBEIRO DAS NEVES
LISIANE MARIA BASÍLIO TORRES MARTINS
LUIZ FERNANDO JANTZEN GASPAR1
MARCIA DE OLIVEIRA NOBRE1
MARIANA CRISTINA HOEPPNER RONDELLI1
MARLETE BRUM CLEFF1
RODRIGO FRANCO BASTOS
TAINÁ ANÇA EVARISTO MENDES CARDOSO
TATIANA DE AVILA ANTUNES

Página gerada em 23/09/2020 00:18:05 (consulta levou 0.120773s)