Nome do Projeto
Construção de um veículo autônomo submarino com foco na otimização hidrodinâmica
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
30/04/2020 - 30/04/2024
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Engenharias
Resumo
Esta proposta tem como premissa a elaboração de um projeto de um veículo autônomo submarino e consequentemente a construção de um protótipo que possa servir como teste de refinamento de leis de controle tanto básicas quanto avançadas, dando também a oportunidade de acrescer conhecimento em fundamentos de fluidodinâmica de veículos submarinos. Este sistema robótico deve contar com a instrumentação necessária para a ambientação espacial em três dimensões, e interatuar com o ambiente na execução de segmentos de rotas complexas. Quando concluídos os testes, modelos sequentes podem ser desenvolvidos visando a análise de leitos subaquáticos, recolhimento de corpos mássicos em ambientes inacessíveis, incursões de resgate ou inspeção de barragens de mineração/hidrelétricas.

Objetivo Geral

Projetar, simular e construir um veículo autônomo submarino (Autonomus underwater
vehichle AUV) que considere a minimização do efeito da força de arrasto (Draft), assim
como a estabilidade e a robustez no seguimento de trajetória em ambientes aquáticos

Justificativa

Estabelecer uma postura vanguardista quanto a construção de veículos submarinos
consequentemente contribuir com o desenvolvimento da área no cenário local, nacional e global.
Explorar do ponto de vista da engenharia de controle & automação a estruturação de um projeto de
inovação voltada a construção de veículos autônomos.
Suprir a falta de conteúdo prático sobre a instrumentação inteligente em sistemas complexos e
modelos multivariáveis dos mesmos.
Realizar a construção do protótipo tendo como base a utilização de materiais de baixo custo e assim
criar plataformas de testes para realizar praticas de automação e controle.

Metodologia

 Efetuar a levantamento de informações para a construção de um modelo analítico,
considerando os seguintes aspectos:
 Fatores naturais que influenciam na estabilidade e deslocamento do modelo
◦ Efeito Coriolis;
◦ Força de arrasto (draft);
◦ Força de empuxo (bouyancy);
◦ Pressão;
◦ Entre outros
 Técnicas de minimização dos fatores naturais influenciadores
◦ Compensação através de sensoriamento e software;
◦ Modelagem do corpo do modelo e incremento na textura do exterior;
◦ Determinação das dimensões dos tanques de lastro (ballast tanks);
 Consciência da instrumentação necessária
◦ Motores de passo para a manutenção dos tanques lastro (ballast tanks);
◦ Motor de corrente contínua ou Brushless para o torque da hélice (propellers);
◦ Um servo motor direcionada a cada hidrofólio (2);
◦ Um servo motor direcionado ao leme (rudder);
◦ Sensoriamento de posição – Sonar(es);
◦ Sensoriamento de inclinação – Giroscópio;
◦ Sensoriamento de velocidade de fluxo laminar – Encoder adaptado;
◦ Sensoriamento de profundidade – Medido indiretamente pelos tanques de lastro;
◦ Baterias cuja reação química não libere oxigênio e que detenha potência satisfatória;

 Consciência da necessidade de transmissão de torque, momento ou carga para os pontos
desejáveis do corpo do veículo
◦ Mecanismo de transmissão de momento dos servos para os hidrofólios
◦ Mecanismo de transmissão de momento do servo para o leme (rudder);
◦ Mecanismo de transmissão de torque do motor principal para a hélice (propeller);
◦ Mecanismo para a transmissão de carga dos motores de passo para os tanques de
lastro principais e/ou de compensação (MBT & CBT);

 Uma vez finalizada o levantamento de informações e houver uma base de informações
consistente sobre as técnicas mecânicas, mecanismos, geometria, materiais, instrumentação
e dispositivos eletromecânicos usados na transmissão das forças propõe-se dentro da
metodologia a realização das seguintes etapas:
 Modelagem em software CAD [Solidworks®] dos mecanismos e peças componentes do
veículo
 Seguida da prototipação, montagem;
 Implementação de uma lei de controle básica em duas dimensões.

Indicadores, Metas e Resultados

Estima-se alcançar os seguintes resultados:
a) Desenvolver Ferramentas Computacionais para Ensino e Pesquisa;
b) Publicar artigos em Congressos Nacionais e Internacionais e em Periódicos Nacionais e
Internacionais;
c) Obter uma metodologia de pesquisa eficiente a fim de implementá-la e poder oferecer
melhorias de funcionamento e assim para a comunidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
CARLOS GUILHERME DA COSTA NEVES4
EDUARDO WALKER3
ELMER ALEXIS GAMBOA PENALOZA3
FELIPE LOURENCO GALESKI
LUCIANO ANACKER LESTON3
SIGMAR DE LIMA4

Página gerada em 23/07/2021 22:59:13 (consulta levou 0.086359s)