Nome do Projeto
Correlação do escore de condição corporal com as alterações clínicas, metabólicas e comportamentais de felinos
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
30/03/2020 - 30/03/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
O excesso de peso em felinos se tornou frequente na rotina clínica de pequenos animais. Dessa forma, o objetivo deste estudo caracteriza-se por avaliar o escore de condição corporal de felinos e correlacioná-lo com alterações clínicas, metabólicas e comportamentais, com o intuito de auxiliar a conduta clínica dos médicos veterinários e promover melhor qualidade de vida e bem-estar aos felinos. Serão incluídos gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV-UFPel), distribuídos em: grupo 1, felinos com escore 5 (ideal); grupo 2, felinos com escore 6-7 (sobrepeso); grupo 3, felinos com escore 8-9 (obeso). Os tutores serão convidados a responder um questionário e a assinalar uma ficha com imagens de felinos nos diferentes escores de condição corporal. Nesse momento, será realizada a avaliação da linguagem corporal do felino pelo médico veterinário, por meio da avaliação da expressão facial, postura, posicionamento da cauda e vocalização. A próxima etapa do atendimento será a realização do exame físico, aferição da pressão arterial sistólica, cinco vezes, no membro pélvico direito/base da cauda e exame eletrocardiográfico digital. Também será realizada a mensuração das medidas morfométricas (circunferência torácica, distância entre a patela e a tuberosidade calcânea, circunferência abdominal) para posteriormente dispor os valores nas fórmulas de índice de massa corporal felina (IMCF) e cálculo do peso ideal. Após será realizada a coleta de amostra sanguínea para a seguintes análises: hemograma, glicose, colesterol total, lipoproteína de alta densidade, lipoproteína de baixa densidade, triglicerídeos, alanina aminotransferase (ALT), gama-glutamiltranspeptidase(GGT), creatinina, ureia e fosfatase alcalina (FA). Após as avaliações será instituído um planejamento nutricional para os felinos dos grupo 2 e 3. O acompanhamento consistirá em retornos mensais e serão avaliados peso, medidas morfométricas, análise de comportamento e aferição da pressão arterial. Após seis meses de acompanhamento serão refeitas todas as avaliações iniciais. Os dados serão tabelados e analisados pelo programa estatístico GraphPadPrism 7.0 pelos testes de normalidade e teste de comparação paramétrico ou não paramétrico.

Objetivo Geral

O objetivo deste estudo caracteriza-se por avaliar o escore de condição corporal de felinos e correlacioná-lo com alterações clínicas, metabólicas e comportamentais com o intuito de auxiliar a conduta clínica dos médicos veterinários e promover melhor qualidade de vida e bem-estar aos felinos.

Justificativa

É de grande relevância realizar estudos nessa área, pois a prevalência de gatos com sobrepeso e obesos é significativa em alguns países, assim como no Brasil e na região de Pelotas. Logo, o acúmulo excessivo de tecido adiposo é considerado um distúrbio de má condição clínica em pequenos animais que pode proporcionar efeitos mecânicos e metabólicos. Com isso, é de grande importância realizar estudos que verifiquem as alterações clínicas, metabólicas e comportamentais dos animais afetados. Dessa forma, pretende-se auxiliar a conduta clinica dos médicos veterinários e promover melhor qualidade de vida e bem-estar aos felinos.

Metodologia

Serão incluídos gatos atendidos no Hospital de Clínicas Veterinárias (HCV-UFPel), distribuídos em: grupo 1, felinos com escore 5 (ideal); grupo 2, felinos com escore 6-7 (sobrepeso); grupo 3, felinos com escore 8-9 (obeso). Os tutores serão convidados a responder um questionário e a assinalar uma ficha com imagens de felinos nos diferentes escores de condição corporal. Nesse momento, será realizada a avaliação da linguagem corporal do felino pelo médico veterinário, por meio da avaliação da expressão facial, postura, posicionamento da cauda e vocalização. A próxima etapa do atendimento será a realização do exame físico, aferição da pressão arterial sistólica, cinco vezes, no membro pélvico direito/base da cauda e exame eletrocardiográfico digital. Também será realizada a mensuração das medidas morfométricas (circunferência torácica, distância entre a patela e a tuberosidade calcânea, circunferência abdominal) para posteriormente dispor os valores nas fórmulas de índice de massa corporal felina (IMCF) e cálculo do peso ideal. Após será realizada a coleta de amostra sanguínea para a seguintes análises: hemograma, glicose, colesterol total, lipoproteína de alta densidade, lipoproteína de baixa densidade, triglicerídeos, alanina aminotransferase (ALT), gama-glutamiltranspeptidase(GGT), creatinina, ureia e fosfatase alcalina (FA). Após as avaliações será instituído um planejamento nutricional para os felinos dos grupo 2 e 3. O acompanhamento consistirá em retornos mensais e serão avaliados peso, medidas morfométricas, análise de comportamento e aferição da pressão arterial. Após seis meses de acompanhamento serão refeitas todas as avaliações iniciais. Os dados serão tabelados e analisados pelo programa estatístico GraphPadPrism 7.0 pelos testes de normalidade e teste de comparação paramétrico ou não paramétrico.

Indicadores, Metas e Resultados

É possível que haja contradição na avaliação da condição corporal dos felinos estudados quando comparada com o escore estabelecido pelo tutor.
Também é possível esperar que os gatos classificados como acima do peso apresentem mais condições favoráveis à obesidade e mais alterações comportamentais identificadas pelos questionários aplicados aos tutores.
Dentre as metas, está iniciar o programa de perda de peso para os gatos identificados com condição corporal acima da ideal (sobrepesos e obesos).

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALEXSANDER FERRAZ
ANA RAQUEL MANO MEINERZ2
ANNE KAROLINE DA SILVEIRA FLORES
BRUNO CABRAL CHAGAS
CAMILA MOURA DE LIMA
CAROLINE XAVIER GRALA
EDGAR CLEITON DA SILVA
EDUARDA SANTOS BIERHALS
FABIO RAPHAEL PASCOTI BRUHN2
GABRIELA MORAIS SANTANA
GUSTAVO ANTÔNIO BOFF
KEWELIN SCHIMMELPFENNIG BONATO
LISIANE MARIA BASÍLIO TORRES MARTINS
MARCIA DE OLIVEIRA NOBRE1
MARIA LUIZA HUBNER ETGES
MARIANA CRISTINA HOEPPNER RONDELLI1
MARIANA TIMM KROLOW
MARTIELO IVAN GEHRCKE2
MIRIANE MENDES PEREIRA
Peter de Lima Wachholz
RISCIELA SALARDI ALVES DE BRITO
SERGIANE BAES PEREIRA

Página gerada em 04/12/2020 08:37:16 (consulta levou 0.379232s)