Nome do Projeto
Grupo de Estudos Geologia Forense
Ênfase
Ensino
Data inicial - Data final
06/05/2020 - 30/04/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Exatas e da Terra
Resumo
O Rio Grande do Sul tem uma alta taxa de criminalidade que exige uma resolução rápida e eficaz por profissionais da área forense. Um número crescente de metodologias geológicas tem sido aplicadas com sucesso no campo destas ciências, dando origem ao crescente interesse na geologia forense. Este grupo de estudos visa disseminar informações sobre geociência forense a estudantes de graduação da UFPel, através da organização de seminários semanais e apresentações periódicas de especialistas científicos neste campo e de profissionais que atuam na área. Dessa forma, o grupo de estudo promoverá a interação entre estudantes e pesquisadores de outras universidades e profissionais que atuam nesse campo. Ao expor os alunos de graduação a trabalhos científicos promove-se o pensamento crítico, criatividade e destaca-se a geologia forense como uma opção de carreira potencial. Durante os seminários semanais serão discutidos de maneira cíclica os tópicos: solos e microvestígios, geoquímica forense, crimes ambientais, geofísica forense, geoprocessamento forense e gemologia forense. Trabalhos científicos e casos forenses serão apresentados por estudantes de graduação e serão discutidos em grupo posteriormente. A organização de pequenos eventos que possam capacitar e estreitar a relação dos participantes com a temática, como workshops, palestras e minicursos também está prevista neste projeto.

Objetivo Geral

Objetivo Principal:
• auxiliar no desenvolvimento e na divulgação da geociências forense.

Objetivos Específicos:
• contribuir com a proposta da UFPel em ofertar [1]"alternativas viáveis para garantir que não seja interrompido o vínculo cognitivo e relacional entre professores, técnicos-administrativos e estudantes" no período de pandemia do COVD-19 no mundo;
• auxiliar no desenvolvimento científico das áreas que compõem a geociências forense;
• divulgar as aplicações forenses da geociências;
• discutir e debater artigos científicos;
• organizar pequenos eventos associados à temática do grupo, por exemplo: palestras, workshops, minicursos, e simpósios;
• fortalecer as relações entre diferentes cursos (de diversas áreas do conhecimento), de modo a demonstrar a relevância da interdisciplinaridade na temática abordada;
• estimular a criatividade e a criticidade dos participantes no que diz respeito às metodologias estudadas;
• promover a interação com instituições profissionais ligadas com o meio forense como o Instituto Geral de Perícias (IGP)-Pelotas e a Polícia Federal;
• discutir projetos forenses em andamento, por exemplo projetos de pesquisa, projetos de extensão e TCCs.

[1]Nota da Gestão sobre calendário alternativo - PROPOSTA DE REORGANIZAÇÃO DO CALENDÁRIO ACADÊMICO 2020 NO CONTEXTO DA PANDEMIA DO COVID-19. Disponível em: . Acesso em 28/04/2020 às 17:00h

Justificativa

Devido à diversidade e complexidade da criminalidade no Brasil, e principalmente no estado do Rio Grande do Sul [2], cada vez mais se faz necessário o avanço de metodologias já utilizadas em investigações criminais bem como o estabelecimento de novas metodologias que possam ser implementas para o auxílio na resolução de casos criminais. Há uma demanda atemporal pelo desenvolvimento da ciência forense porque ela aumenta a eficácia das investigações criminais, e portanto das respectivas técnicas utilizadas. Tendo em vista a demanda por novas técnicas, em [3] são demonstradas diversas aplicações forenses de análises de materiais geológicos, podendo estas terem origem natural (solos, sedimentos, fósseis contrabandeados por exemplo) ou origem antropogênica (tijolos, vidros, e britas, por exemplo). Cada vez mais, as geociências têm sido utilizadas para auxiliar na resolução de casos criminais [1], entretanto, por ser uma temática nova no âmbito forense ainda é subdesenvolvida e subutilizada no Brasil. O Grupo de Estudos em Geologia Forense (GEGF – UFPel) foi criado a fim de desenvolver e debater novas propostas para a difusão das aplicações forenses das disciplinas contidas nas geociências bem como de suas áreas correlatas.

[1] BULL, P. & MORGAN, R. Sediment Fingerprints: A forensic technique using quartz sand grains. Science and Justice, Vol 46, pp. 107-124, 2006

[2] Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas. Crimes Violentos contra a Pessoa (Registros Policiais). Disponível em: . Acesso em: 26 de abril de 2020 às 01:14.

[3] PYE, K.. Geological and Soil Evidence: Forensic Applications. Boca Raton, Florida: CRC Press, 2007.

Metodologia

A metodologia empregada consiste em realizar encontros semanais para a discussão e debate de artigos científicos relacionados à temática em questão. Quando impossibilitados os encontros presenciais serão realizados encontros via webconferência. A temática será dividida em diferentes sub-temas que podem ser alterados de acordo com a demanda e o interesse dos participantes. Os temas abordados inicialmente são:
• Solos e Microvestígios;
• Geoquímica Forense;
• Crimes Ambientais;
• Geofísica Forense;
• Geoprocessamento Forense;
• Gemologia Forense.
Cada um dos sub-temas reportados será discutido individualmente, ou seja, em cada encontro será abordado um dos sub-temas. Um cronograma será confeccionado de modo que se realize um encontro sobre cada sub-tema de forma cíclica, iniciando com o “Solos e Microvestígios” e findando com “Gemologia Forense”. Ao fim de cada ciclo, será confeccionado um novo cronograma com diferentes artigos científicos a serem debatidos. Cada participante será responsável pela apresentação oral do conteúdo de um artigo científico que lhe será designado, e ao fim da apresentação o artigo científico apresentado será discutido.
A organização de pequenos eventos também está prevista.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se que através do Grupo de Estudos em Geologia Forense os participantes obtenham maior conhecimento sobre a temática. Através do grupo, é esperado também que os envolvidos despertem interesse em realizar outros trabalhos sobre essa temática, podendo resultar em colaborações significativas no âmbito da perícia criminal brasileira.Promover interação e colaboração com alunos da graduação e da pós-graduação das outras universidades e profissionais das instituições ligados com forense como a Polícia Federal (PF) e o Instituto Geral de Perícias (IGP). Confeccionar e disseminar documentos contendo os pontos mais importantes das discussões realizadas, indicando os pontos cruciais de cada um dos artigos discutidos. Apresentações dos resultados do projeto em congressos (SIIEPE UFPel, por exemplo) também estão previstas.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ALANA ROSALINI SANTOS PIRES
ANDRE DEL TETTO MINERVINO VIEIRA
ANDRE FRANCISCO SANCHES ABRAAO JUNIOR
Adriel Filipe Soares Brito
Andressa Boer Fronza
BETHÂNIA MACHADO FIGUEIREDO
BRENO MELLO PEREIRA
Bianca Pereira da Silva
Bruna Soares de Sá
Bruno Henrique Miniuchi Pellizzari
CAMILE URBAN4
Carlos Eduardo da Silveira Mazia
Carolina Coelho Giorio do Vale
Cynthia Ramos
DANIEL GABY DE CARVALHO
DAVID JOZEF CORNELIUS DEBRUYNE
DIANA ROBERTS LOURENCO BARRETO
Felipe Rodrigues de Lima
GABRIEL BRANDAO FIDELIS
GUSTAVO SCHMIDT CABRAL
Gabriella Fernanda Miranda Rodrigues
HERICA CORTINAZ MACHADO
Heloisa Morasque Ligeski
INDIANARA SCREMIN
ISIS DE MORAES CORTEZ
IVANOR ZACHARIAS
JOAO FELIPE CAMPANARO
Katiane Santiago Martins
LARISSA BERGAMINI SANTOS
LUCAS BRUM SALOMAO
LUCAS DOS SANTOS ROCHA
LUIZ HENRIQUE RONCHI2
Leonardo Augusto Borck Larroza
Luam Oliveira Martins
MARCELO DA SILVEIRA TORTOLERO ARAUJO LOURENCO
MARCIÉLE SIEGERT GOETZKE
MARIA CELINA MACIEL DE OLIVEIRA BOLIVAR PINTO
MARLOS PEVERADA JAQUES
MATEUS KNABACH EVALD
MOYZÉS SÁVIO GOMES DE FARIAS
Marcelo Ferreira Lopes Vega
Matheus Pereira Nogueira e Silva
NICOLAS CIPRIANO SILVA DE OLIVEIRA
PEDRO DE ALBUQUERQUE PIASENTIM
Polyana Garcia Arrais
RAISSA DE ARAUJO SILVA FERRAZ
RUDIMAR SILVA DE MELO
Raphaella Fernandes Rodrigues
Robson Tirotti Felipe
Robson Wants
SABRINA PATRICIA COELHO DO VALE
SUZANA MARIA MORSCH4
Sâmara Veiga dos Reis
THAIS CRISTINA VANN
WILLIAN ABRAAO BRITO SILVA

Página gerada em 24/07/2021 04:50:33 (consulta levou 0.469798s)