Nome do Projeto
Gênero na gestão acadêmica e administrativa no Brasil: uma discussão com ocupantes de cargos gerenciais
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
15/06/2020 - 13/06/2023
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Sociais Aplicadas
Resumo
Projeto com ênfase na pesquisa sobre o trabalho e as questões de gênero, investigando mulheres ocupantes de altos cargos de gestão no setor público, desde o perfil sociodemográfico dessas e os desafios profissionais e pessoais ao longo de sua carreira profissional.

Objetivo Geral

O projeto objetiva investigar a presença feminina na ocupação de cargos de direção do alto escalão de instituições públicas federais de ensino como institutos e universidades, em especial as ocupações de altos cargos de direção, mais especificamente os CD-1 e CD-2, que representam as gratificações pertinentes a posições ocupadas por Reitores, Diretores e Pró-Reitores. A pesquisa visa descobrir dentre outras questões como aconteceu a ascensão e manutenção na função, os desafios dessas mulheres para ocupar esses cargos, a existência de discriminação em função de gênero, assim como custos/escolhas que elas tem ou tiveram que fazer para ocupar essas funções.

Justificativa

A despeito do avanço nas pautas e políticas de combate à desigualdade de gênero, estudos ainda indicam a predominância masculina nos espaços de poder, gerenciando pessoas e processos. Ainda que se possa identificar crescimento da participação da mulher no mercado de trabalho devido ao impacto causado no âmbito social, esse ainda reproduz a desigualdade de gênero.
O estudos sobre gênero têm discutido as condições de ascensão de mulheres às posições de liderança dentro das organizações. Gontijo e Melo (2017), afirmam que o acesso ao mercado de trabalho para as mulheres foi favorecido na profissão docente, mas quando elas assumem posições gerenciais, empresariais, esse acesso se restringe, principalmente nos cargos de alta hierarquia, que envolvem tomada de decisão, estabelecimento de metas e outras áreas que contornam a autoridade e o posicionamento de poder. E isso precisa ser mais investigado.

Metodologia

Pesquisa Qualitativa predominante, com revisão de literatura, desenvolvimento de questionário e roteiro de entrevista, análise de conteúdo.

Indicadores, Metas e Resultados

Dissertação de Mestrado profissional em administração pública concluída e defendida em 2022.
Publicação de dois artigos em periódico qualis.
Apresentação de dois trabalhos em eventos científicos da área.
Divulgação e Discussão sobre o tema com a sociedade civil em ação de extensão.
Palestra sobre gênero e mercado de trabalho, conceitos sobre, condicionantes dessa relação mercado-mulher-família-sociedade junto a alunos da Ufpel.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
BRUNA DE OLIVEIRA FARIAS
ISABEL TERESINHA DUTRA SOARES2
JULIANA COSTA GOMES
JÚLIA HORII BERNARDINO
SIMONE PORTELLA TEIXEIRA DE MELLO5

Página gerada em 07/08/2022 22:40:05 (consulta levou 0.071945s)