Nome do Projeto
Estudos de Revisão em Educação: tipologias e tendências metodológicas (2000-2016)
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
08/06/2020 - 30/12/2021
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Resumo
A consolidação de uma área ou campo de conhecimento requer atenção constante dos pesquisadores sobre sua produção científica/acadêmica. Nesse sentido, estudos de revisão são importantes fontes de informação sobre o estado do conhecimento, das tendências das pesquisas, suas contribuições para os avanços da área, mas também suas possíveis fragilidades. Os estudos de revisão englobam todo tipo de pesquisa que tem como objeto a produção acadêmica de uma área, um campo de conhecimento ou uma temática específica, dentro de um recorte temporal e espacial. Um número significativo de pesquisas sobre a produção acadêmica em educação tem sido realizado nos últimos anos, contudo, ainda são poucas as investigações sobre as características dos estudos de revisão nesta área e os modos como eles vem sendo apropriados ou até mesmo ressignificado. São diversas as denominações atribuídas as esses estudos: estado da arte, estado do comhecimento, revisão bibliografica, revisão de literatura, levatamento bibliográfico, revisão de produção acadêmica, revisão sistemática, metaanálise, metapesquisa, estudo bibliométrico etc. Também em relação à abordagem metodológica os estudos dessa natureza guardam semelhanças e especificidades. Todavia, não dispomos de análisis sistemáticas, resultantes de investigação, que informem quais abordagens e procedimentos têm caracterizado esse tipo de estudo em educação e que contribuições tem trazido para o campo. Face a isto, este projeto elegeu como objeto de pesquisa estudos de revisão na área de educação, no período de 2000-2016. Para o desenvolvimento do estudo foi definido como corpus a produção publicada em formato de livro, artigos das revistas de educação nacionais registradas no scielo e a Série Estado do Conhecimento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anício Teixeira (INEP). O objetivo da pesquisa é estudar os trabalhos que pesquisam a produção acadêmica (estudos de revisão), a partir de um conjunto específico de trabalhos selecionados, identificando e analisando as diferentes denominações e enfoques metodológicos, suas apropriações ou ressignificações e indicar as tendências, as potencialidades e os desafios que se apresentam à área de educação, frente a esse tipo de pesquisa. Para tal, será realizada uma revisão sistemática, com foco na abordagem metodológica, elemento essencial para caracterizar os diversos tipos de estudos de revisão, assim como na contribuição dos trabalho sobre a produção acadêmica. Pretende-se, ao final da pesquisa, ter construído um panorama sobre os estudos de revisão, com a apresentação dos diferentes tipos de pesquisa, os aspectos metodológicos que os caracteriza e o que os diferencia entre si, de forma a indicar as potencialidades e os desfios que se apresentam para esse tipo de pesquisa na área de educação.

Objetivo Geral

Estudar os trabalhos que pesquisam a produção acadêmica (estudos de revisão), a partir de um conjunto específico de trabalhos selecionados, identificando e analisando as diferentes denominações e enfoques metodológicos, suas apropriações ou ressignificações e indicar as tendências, as potencialidades e os desafios que se apresentam à área de educação, frente a esse tipo de pesquisa.

Justificativa

Dado o uso crescente de estudos de revisão e sua importância para informar e formar o autoconhecimento da área, a proposta que ora é apresentada volta-se, pois, para a análise de um conjunto de trabalhos dessa natureza, procurando caracterizá-los, sobretudo revelando como eles vêm sendo apropriados ou até mesmo ressignificados, as tipologias que informam o desenvolvimento de investigações que mapeiem, caracterizem e analisam suas repercussões nos delineamentos dos diferentes tipos de estudos, seus objetivos e abordagens metodológicas.

Metodologia

Embora reconheçamos que o foco central das revisões sistemáticas sejam os resultados, no caso desta pesquisa será dada atenção especial ao enfoque metodológico e às características das produções, tendo em vista que se propõe estudar, suas diferenças, critérios de análises e de produção de sínteses.
Assumimos como pressuposto que a produção de conhecimento é fruto da ação coletiva e os seus avanços conceitual e metodológico decorrem, em boa parte, dos esforços de diálogo inter pares, por meio da problematização de suas produções.
a pesquisa toma como corpus livros, artigos publicados em revistas nacionais da área de educação disponíveis no scielo, período de 2000-2016, e a Série Estado do Conhecimento do INEP. O período de coleta dos trabalhos permite abranger a produção mais recente e a sua identificação por meio da base scielo permite uma cobertura das produções de maior circulação no país. A inclusão da Série Estado do Conhecimento do INEP decorreu da avaliação da centralidade que este órgão vem ocupando na produção e difusão de estudos desta natureza.
Levantamento preliminar do corpus da pesquisa revelou que no período delineado foram produzidos 27 livros, 78 artigos que compreendem estudos de revisão, de acordo com os critérios de inclusão da pesquisa. Além de 13 textos da Série Estado do Conhecimento do INEP.

Indicadores, Metas e Resultados

A pesquisa propiciará, como principal contribuição, uma sistematização analítica dos estudos sobre a produção acadêmica em educação. Esta sistematização, com indicação dos diferentes tipos de revisão e respetivas abordagens metodológicas auxiliará no desenho de novas pesquisas que intentam estudar a produção acadêmica.
O pouco conhecimento sobre as características dos estudos de revisão na área de educação, tem induzido à realização de pesquisas com pouco rigor metodológico e tipificação muitas vezes aleatória. Assim, a organização dos diferentes tipos de estudos de revisão, ainda que não abarque a totalidade, atrelada aos procedimentos metodológicos que os caracteriza, poderá orientar os pesquisadores na definição do tipo e da abordagem metodológica a adotar na definição de pesquisas que se propõem a estudar a produção acadêmica.
A indicação das fragilidades dos trabalhos estudados nesta pesquisa ajudará no enfrentamento do desafio de conduzir estudos de revisão que alimentem o autoconhecimento da produção da área, tendo em vista à qualidade das pesquisas e a consolidação de um campo de conhecimento científico.
A pesquisa contribuirá com a formação de novos pesquisadores, estudantes de graduação e pós-graduação, além de fortalecer o intercâmbio interinstitucional e as equipes de pesquisa em cada instituição.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DÉBORA AVENDANO DE VASCONCELLOS SINOTI
SAMANTHA DE SOUZA GUTERRES
VALDELAINE DA ROSA MENDES3

Página gerada em 22/04/2024 22:32:16 (consulta levou 0.135360s)