Nome do Projeto
Registros Fonográficos da Discoteca L. C. Vinholes do Centro de Artes da UFPel: catalogação, organização, usos e nexos socioculturais
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
31/07/2020 - 14/12/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Linguística, Letras e Artes
Resumo
Na linha de projetos de pesquisa e extensão que vem sendo desenvolvidos pela equipe do Laboratório de Etnomusicologia/Discoteca L. C. Vinholes da UFPel nos últimos anos (PINHEIRO NETO, 2017; PINHEIRO NETO, VELLOSO, 2017; MAIA, et al., 2018) , e considerando a complexidade e importância do acervo fonográfico aqui em tela (COELHO, VELLOSO, 2019), este projeto tem como escopo geral a continuidade do trabalho de catalogação e organização do acervo, bem como o desenvolvimento de estudos que permitam compreender seus nexos socioculturais e viabilizar seu uso efetivo e significativo como repositório cultural pertencente à Universidade Federal de Pelotas.

Objetivo Geral

Dar seguimento à catalogação e organização dos registros fonográficos da Discoteca L. C. Vinholes do Centro de Artes da UFPel como base para o desenvolvimento do estudo da representatividade e especificidade do acervo, bem como a compreensão de seus nexos socioculturais e orientação de seu uso como acervo público.

Justificativa

Como base para a justificativa do projeto, é importante esclarecer que a noção de "nexos socioculturais", presente no título do projeto e mencionada acima, é tributária de uma perspectiva etnomusicológica, que percebe a música como fenômeno inextricavelmente sonoro e significativo (BLACKING, 1973, 2007; NETTL, 2005; RICE, 2014) - e, portanto, também estético, ético, político, econômico, semântico: efetivamente, um "fato social total" (MAUSS, 2003) -, bem como à ampliação crítica deste horizonte com os mais recentes desenvolvimentos dos chamados "soundstudies" (ERLMANN, 2005; ZAMBIAZZI DOS SANTOS, 2018). Neste sentido, um acervo como o da Discoteca L. C. Vinholes possui grande importância enquanto repositório de identidades, memórias e sentidos compartilhados: os discos de 78rpm, long-plays, fitas magnéticas e outras mídias (além de aparelhos de gravação e reprodução sonora, instrumentos musicais e documentos) ali conservados preservam enunciados (no sentido de M. Bakhtin, conforme MONSON, 1996) que articulam sonoramente a própria constituição de pessoas e grupos, seus sentidos de pertencimento e concepções de mundo em determinados lugares e épocas, daí a importância da guarda, manutenção e uso deste acervo no âmbito de uma universidade pública.
Neste sentido, o presente projeto propõe dar continuidade ao trabalho que já vem sendo desenvolvido em iniciativas anteriores. Mais recentemente, através do Projeto de Pesquisa "Acervo de Fonogramas da Discoteca L. C. Vinholes: identidade sonora" (código COCEPE 10194, com finalização em 31/07/2019), procedeu-se à definição de estratégias e efetivo trabalho de catalogação e ordenamento da coleção de discos de 78rpm, atualmente em fase conclusiva (COELHO, VELLOSO, 2019). Diante da necessidade de continuar o trabalho, e com a impossibilidade de renovação do projeto anterior devido à mudança para o sistema de projetos unificados, é que se propõe este novo projeto. Na avaliação da equipe envolvida, a nova etapa aqui proposta é também uma oportunidade de fazer um balanço e visualizar novas possibilidades de orientação do trabalho.

Metodologia

O trabalho de base deste projeto é a continuidade e finalização da catalogação e organização do acervo. Atualmente, esta tarefa segue tendo andamento, em fase conclusiva, com relação à coleção de discos de 78rpm (Projeto de Pesquisa código 10194, em andamento, com finalização em 31/07/2020) , seguindo os procedimentos de retirada dos discos de seus locais provisórios, não ordenados, da prateleira, registro de seu conteúdo em planilha eletrônica, numeração dos itens e recolocação nas prateleiras em locais definitivos, ordenados alfabeticamente por nome de gravadora e número de catálogo.
Procedimento similar será levado a cabo, progressivamente, para as demais coleções do acervo - LPs, CDs, fitas magnéticas. A estes procedimentos tem sido incorporada a discussão sobre as especificidades do acervo fonográfico, tanto no aspecto conceitual quanto na busca das melhores estratégias organizativas para o caso específico da Discoteca L. C. Vinholes (ALBUQUERQUE, 2009; CONARQ, 2018; FUENTES, GOLDBERG, 2019).
Após a conclusão da etapa de catalogação, as planilhas geradas serão cotejadas com dados de outros acervos fonográficos nacionais e internacionais para um dimensionamento efetivo da representatividade e especificidade da coleção da Discoteca L. C. Vinholes neste contexto mais amplo e orientação de ações de pesquisa e extensão.

Indicadores, Metas e Resultados

Como resultados deste projeto, espera-se obter:
- Conclusão da catalogação geral do acervo da Discoteca L. C. Vinholes.
- Caracterização analítica das especificidades e representatividade deste acervo a partir do cotejamento do catálogo produzido com os de outros acervos nacionais e internacionais.
- Definição de critérios de organização para acesso e uso do acervo.
- Produção de publicação científica com resultados do estudo proposto, articulando propostas para integração das perspectivas etnomusicológica e arquivística a partir deste caso específico.
- Divulgação do acervo e das atividades da Discoteca e sua integração junto ao público de dentro e de fora da Universidade.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
DEMETRIUS SILVA DA ROSA
EDUARDO MONTAGNA DA SILVEIRA4
Eduardo Vetromilla Fuentes
LUIS FERNANDO HERING COELHO2
RAFAEL HENRIQUE SOARES VELLOSO2
WERNER EWALD2

Página gerada em 30/06/2022 06:55:12 (consulta levou 0.086254s)