Nome do Projeto
Ocorrência de Raiva em Animais de Produção na Região Sul do Rio Grande do Sul
Ênfase
Pesquisa
Data inicial - Data final
03/08/2020 - 30/07/2022
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias
Resumo
A raiva é uma doença infecciosa, de etiologia viral e caráter zoonótico, de notificação obrigatória, com letalidade de aproximadamente 100%, que afeta o sistema nervoso central (SNC), e ainda é um grave problema de saúde pública. Quando os sintomas aparecem, a doença é mortal tanto em animais como em humanos, em todo mundo morrem mais de 60.000 pessoas por ano. Será realizado levantamento da ocorrência de raiva em animais de produção na região sul do RS, dos registros dos casos do Laboratório Regional de Diagnóstico (LRD) e da inspetoria veterinária regional de Pelotas, nos últimos 10 anos. Serão visitadas as propriedades e aplicado um questionário, bem como fornecido material educativo sobre a raiva e principais zoonoses de animais de produção. Ao final será realizada análise estatística com os dados obtidos do levantamento e questionário.

Objetivo Geral

Objetivo Geral: Fazer o levantamento da ocorrência de raiva em animais de produção na região sul do RS, na área de abrangência do LRD e da inspetoria veterinária regional de Pelotas.

Objetivos Específicos: Fazer um questionário e aplica-lo em algumas das propriedades e comunidades onde ocorreu os casos da doença, para observar o conhecimento das pessoas sobre esta zoonose.
Fornecer material educativo sobre a raiva e principais zoonoses em animais de produção.

Justificativa

A raiva é uma doença infecciosa, de etiologia viral e caráter zoonótico, de notificação obrigatória, com letalidade de aproximadamente 100%, e afeta o sistema nervoso central (SNC), ainda é um grave problema de saúde pública (BARROS, et al; 2006). Em todo o mundo morrem mais de 60,000 pessoas por ano (OIE; 2014). O Rio Grande do Sul é uma das regiões endêmicas do país para a forma paralítica da raiva, que afeta principalmente bovinos, e causa grandes perdas econômicas anuais para os produtores, de aproximadamente 850,000 cabeças de animais, que equivalem 17 milhões de dólares. Na América do Sul a raiva tem sido observada em forma de surtos cíclicos, que ocorrem entre três e sete anos, e é transmitida principalmente pelo morcego hematófago Desmodus rotundus. As condições climáticas, abrigos naturais e artificiais para o morcego e a distribuição da população de bovinos na região, são fatores favoráveis e responsáveis pela estabilidade enzoótica da raiva nesta região (MARCOLONGO-PEREIRA et al; 2011)

Metodologia

Os dados da ocorrência serão obtidos dos registros dos casos do LRD, e da inspetoria veterinária regional de Pelotas, nos últimos 10 anos.
Serão visitadas as propriedades e aplicado o questionário.
Será fornecido material educativo sobre raiva e principais zoonoses de animais de produção da região.
Aplicar análise estatística com os dados obtidos do levantamento e questionário.

Indicadores, Metas e Resultados

Espera-se ao final deste projeto os seguintes resultados:
Realizar o levantamento dos dados sobre a doença na região, e trocar informações com os proprietários, buscando alerta-los sobre a importância econômica e de saúde pública desta doença.
Gerar publicação para divulgação dos resultados obtidos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
ANA LUCIA PEREIRA SCHILD1
BIANCA LUDTKE PAIM
ELIZA SIMONE VIEGAS SALLIS1
FABIANO DA ROSA VENANCIO
HAIDE VALESKA SCHEID
JOSIANE BONEL1
MARGARIDA BUSS RAFFI1
MARIA LUIZA HUBNER ETGES
ROSIMERI ZAMBONI
TAINA DOS SANTOS ALBERTI

Página gerada em 30/11/2020 20:36:43 (consulta levou 0.123468s)